6Sigma: indícios de fraude suspendem divulgação após vazar acesso de Lucélio a sistema de pesquisas

O Instituto de pesquisa 6Sigma suspendeu a divulgação da pesquisa de intenção de votos que tinha programado para hoje e alegou que foi a pedido da Justiça Eleitoral para repassar dados dos pesquisadores, mas o verdadeiro motivo pode ter sido outro.

Circularam em grupos de WhatsApp e nas redes sociais um vídeo e um print (veja abaixo) que mostram  o candidato Lucélio Cartaxo (PV) tendo acesso ao sistema de pesquisas do instituto e a possiblidade de ter havido alguma fraude no levantamento.

Isso pode ter sido a motivação da não divulgação da pesquisa.

Nos bastidores, as coligações a Força do Trabalho e Porque o Povo Quer estudam ingressar na justiça contra a pesquisa. O questionamento é de favorecimento a um candidato que tinha acesso direto a ela, mesmo sem ser o contratante.

 Como o instituto registrou a pesquisa afirmando que não tinha pagante e o próprio Lucelio não informou sobre gastos com pesquisa até agora em sua declaração de despesas de campanha, isso pode configurar crime eleitoral , tanto por parte do Candidato , quanto por parte do Instituto , pois afronta os artigos 349 e 350 do Código Eleitoral, in verbis:

Art. 349. Falsificar, no todo ou em parte, documento particular ou alterar documento particular verdadeiro, para fins eleitorais:

Pena – reclusão até cinco anos e pagamento de 3 a 10 dias-multa.

Art. 350. Omitir, em documento público ou particular, declaração que dêle devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais:

Pena – reclusão até cinco anos e pagamento de 5 a 15 dias-multa, se o documento é público, e reclusão até três anos e pagamento de 3 a 10 dias-multa se o documento é particular.

É óbvio que o candidato Lucelio não teria acesso a todas as pesquisas e estudos do Instituto de forma gratuita .

Veja abaixo a nota do 6Sigma:

 ‘Em nome do grupo 6sigma, venho esclarecer os motivos pelos quais não foi divulgada a pesquisa eleitoral sob registro de nº 00983/2018.

Ao longo dos últimos 10 anos, a 6Sigma pesquisa e consultoria estatística consolidou-se no mercado como uma referência local, isso é reflexo de um conjunto de pessoas e a metodologia empregada na obtenção das informações junto à população.

A ponta desse processo, naturalmente é o entrevistado, a população, todavia, há um intermediador, o pesquisador, a primeira solicitação feita ao TRE, é que, dentre outros itens, sejam repassados os dados dos pesquisadores, isso expõe a equipe interna da 6Sigma de maneira que, para as próximas pesquisas não teríamos como substituir todos em tempo hábil, para que pudéssemos dar continuidade às pesquisas já contratadas, teríamos que ter novos pesquisadores e coordenadores, o que comprometeria nosso compromisso. A segunda solicitação foi de impugnação da divulgação, indeferida pelo juiz responsável, buscou interferir no processo alegando falhas técnicas no registro, o que não se sustenta, não havendo nenhum problema nesse sentido, sendo indeferido o pedido.

 Diante disso, decidimos manter nossos contratos, manter a integridade de nossos pesquisadores / coordenadores e não divulgar os resultados.

Mais uma vez agradecemos imensamente todos os que aguardaram esse momento acreditando e confiando em nossos números, àqueles que veem na 6Sigma uma empresa que “Acerta” nos números, e reafirmamos nosso compromisso com a ética e a verdade.

 Desejamos sucesso!

 Ewerton Lima

Fonte: Blog do  Marcos Werick

B

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Em respeito à justiça eleitoral os comentários estão temporariamente desativados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles