As primeiras do dia

Parece que a trégua da justiça com os intocáveis da política acabou com o primeiro turno das eleições. Marcone Perilo, ex-governador do Goiás e candidato derrotado ao Senado, já está preso. Trata-se do primeiro tucano a visitar a gaiola, salvo engano meu. Acir Gurgacz , senador do PDT de Rondonia, se entregou para cumprir pena de 4 anos imposta pelo Supremo. Salvou-se por enquanto graças a uma bilôla providencial, mas assim que ficar bom irá para o xilindró.

**

Quem não foi em cana ainda, lava a roupa suja, como lavou o ex-governador Alckmin ao chamar o candidato a governador Dória de traidor, durante reunião dos tucanos em Brasília. A reunião era fechada, mas o áudio com os dizeres do ex-governador paulista vazou assim que ela, a reunião, terminou.

**

A propósito de Perilo, quando ele foi governador pela primeira vez, seu marketing planejou uma mídia para transforma-lo no novo representante da política brasileira. O objetivo era mostra-lo como o novo Kennedy e com o novo Kennedy chegar à Presidência. Até um casamento com esfuziante cantora sertaneja foi planejado. Ainda bem que ficou só no planejamento, pois se tivesse caminhado pra frente, a cantora, da qual sou apaixonado fã, estaria hoje visitando o amado na cadeia.

**

Beto Richa foi outro que pagou pelo crime de ser corrupto. Preso antes da eleição e solto por Gilmar Mendes, amargou humilhante derrota no Paraná para o Senado.

**

E Aécio não pagou ainda porque se elegeu, a duras penas, deputado federal e ganhou imunidade. Que o Supremo poderá derrubar, como derrubou a do senador de Roraima.

**

De um canto a outro do país, tucanos sofreram e ficaram depenados. Até aqui na Paraíba o efeito tucano se fez notar e vocês sabem do que estou falando.

**

Quem não pagou a conta, vai pagar. Esse negócio de jogar a culpa toda no Lula não funciona mais. Perto deles, Lula é um anjo de candura. Pelo menos até agora paga sem culpa, está preso sem provas, as acusações contra ele não merecem o menor respeito, do sítio não se achou escritura, do tríplex do Guarujá, provou-se que não era dele.

**

Com mais evidências do que as de Lula tem político sendo inocentado pelo Supremo por falta de provas. Com mais evidências do que as de Lula vê-se a Procuradoria Geral da República sugerindo arquivamento de inquéritos por falta de provas.

**

Pior do que isso é ver Jair Bolsonaro fugindo dos debates por “orientação médica” e sendo entrevistando, com o consentimento da junta médica, pelos seguidores do Bispo Macedo.

**

E o apóstolo Agenor Duque, aquele do sopro que derruba, botou no fiofó do candidato a deputado Jorge Cananéia.

**

Cananéia, achando que ia se dar bem eleitoralmente, ofereceu-se para organizar a instalação de uma igreja do Duque, aquela chamada Plenitude, aqui em João Pessoa. Gastou 200 mil reais com a locação do imóvel em Cruz das Armas, Duque veio no sábado antes da eleição, inaugurou o templo, soprou milagres e foi embora sem pagar a conta.

**

E levou com ele os seis mil reais de dízimos que foram apurados durante o culto.

**

E Cananéia, derrotado e liso, teve que ir à Polícia fazer um BO, já que não consegue falar com o salafrário.

**

Aleluia!

5 Comentário On As primeiras do dia

  • No caso de Cananeia, galinha que acompanha pato morre afogada!!!!!

  • Aquele falso profeta enganador que queria ser deputado foi punido pelas urnas! Ele agora vai fazer aquela politicagem no inferno!

  • O senador Acir Gurgacz é do PDT de Rondônia a sigla é RO e não de Roraima que a sigla RR, e o editor deste respeitado blog não pode ir na onda da imprensa sulista que faz a troca das siglas por pura discriminação e lembrando o Estado de Rondônia é o maior produtor de peixe em cativeiro do País, o quinto maior rebanho de gado com 16 milhões de cabeças, o quinto maior produtor de café do Brasil, o quarto maior produtor de leite sendo a maior bacia leiteira juntando os estados do Nordeste e Norte apenas para reforçar a cidade de Ouro Preto do Oeste na região central do Estado de Rondônia produz diariamente 200 mil litros de leite sem falar que somos o Estado que paga religiosamente em dia o servidor público estadual então vamos conhecer melhor Rondônia

  • Grato Tião pela humildade e saiba que a colônia de paraibano ler vc diariamente porque vc é diferenciado escreve aquilo que o povo quer ler sem frescura e sem palavras que somente os doutores sabem interpretar

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

Mais comentadas