Cabo Daciolo quer anular a eleição

Compartilhe

Se Deus pudesse escolher um local para viver, não hesitaria em optar pelo Brasil. Como não pode, nomeou Cabo Daciolo como seu legítimo representante. Num de seus recolhimentos espirituais, o embaixador do céu recebeu uma mensagem divina. O Todo-poderoso informou que Cabo Daciolo seria eleito presidente da República no primeiro turno.

O resultado das urnas como se sabe, foi outro. O representante do Senhor não saiu mal na foto. Obteve um honroso sexto lugar. Ficou à frente, por exemplo, de Henrique Meirelles e Marina Silva. Mas Cabo Daciolo, inconformado, decidiu contestar a apuração. Foi ao Tribunal Superior Eleitoral nesta quarta-feira (10) para reivindicar o cancelamento das eleições.

Daciolo deseja que a votação seja refeita. Exige cédulas de papel, pois Deus escreve certo por linhas tortas. É improvável que a Justiça Eleitoral defira o pedido. Os sete ministros que integram a Corte decerto acreditam no brocardo segundo o qual a voz do povo é a voz de Deus. E talvez concluam que a urna eletrônica é um porta-voz mais confiável de Deus do que Cabo Daciolo.

1 Comentário On Cabo Daciolo quer anular a eleição

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

Mais comentadas