Enquanto isso, na feira da Torre, na Barraca do Elias…

Aconteceu outra vez na Feira da Torre. Na manhã chuvosa de sábado, lá estávamos para comer cuscuz com bode e, mais ainda, falar das coisas de Princesa. O mestre Paulo Mariano, seu genro Arroz que não aparece na foto porque estava sendo o fotógrafo, Edmilson meu irmão e Tadeu de Antonio Fonfon.

E falamos de chuva, de política, de literatura e da vida alheia.

Paulo, como sempre, tomando a sua cachaça, remédio que o fez chegar aos 84 anos com cara, jeito e proceder de menino. Eu, tirando a ressaca, Edmilson exercitando sua dieta de bucho cheio e Tadeu, o mais requintado, comendo pouco e falando da festa dos princesenses, agora em junho.

Cristiano Machado passou por lá, mas foi comer na barraca de Dó, de quem é cliente antigo. Nós ficamos em Elias, também pelos mesmos motivos.

Lá para as tantas apareceu o pintor e poeta Marcos Pinto, trazendo a tiracolo a sua nova namorada.

2 Comentário On Enquanto isso, na feira da Torre, na Barraca do Elias…

  • Edmundo dos Santos Costa

    SITUAÇÕES DE SIMPLICIDADE PORÉM DE GRANDE SIGNIFICADO PARA QUEM POSSUI SENSIBILIDADADE E NOÇÃO DOS EFETIVOS E REAIS VALORES QUE A VIDA TEM, SEM RIQUIFIFES E COMPLICAÇÕES INVENTADAS. MUITO BOM …

  • José Cidalino de Almeida Filho

    Caro Tião,
    Paulo Mariano, também é uma lenda viva da Cagepa!
    Abraços para esse intelectual!
    Cidalino

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles