De uma coisa todo mundo tem certeza: a reforma trabalhista aprovada ontem pelo Senado, com os votos dos nossos queridos conterrâneos José Maranhão, Raimundo Lira e Cássio Cunha Lima, não é boa para os pobres.Ela atende ao interesse do empresariado, dos homens da mala, dos financiadores de campanha, dos poderosos. O trabalhador vai murchar e isso ele sentirá logo após a dita cuja entrar em vigor.
**
Não pouparam nem as mulheres gestantes. Sepultaram a CLT, que era a Bíblia do trabalhador. Chafurdaram a justiça do trabalho, em suma, pintaram o sete e desenharam o oito, acreditando, com certeza, na impunidade das urnas e na falta de memória do eleitor.
**
Mas esqueceram dos reflexos. Sim, os reflexos. Esses permanecerão vivos e se manifestarão toda vez que o trabalhador se sentir esmagado pelo tempo novo.E ao se manifestaram darão ao humilhado de agora a certeza de que precisa se vingar dos autores de sua desgraça.E a vingança tem que ser nas urnas.
**
Nâo condeno quem pensa diferente, mas eu mesmo, o Tiãozinho aqui, não votarei em nenhum político que apoiou as reformas trabalhista e da previdência.Se vierem pedir voto a mim ou a alguém aqui de casa, podem se preparar para ouvir um monte de desaforo.
**
Qualquer cidadão pode dar voz de prisão a quem for encontrado cometendo crime. Mas um promotor não pode desarmar agentes no pleno exercício do dever e mandar prende-los como se fossem marginais. O que aconteceu em Sousa foi um abuso que precisa ser reparado pela cúpula do Ministério Público Estadual.E olhem que os agentes cumpriam determinação escrita do juiz de direito.
**
Os vereadores da oposição foram ver os PSFS da Prefeitura na zona sul da cidade, aquela que pega do Valentina ao Costa e Silva. O que eles viram foi de estarrecer.Segundo Bruno Farias, no PSF do Costa e Silva a sala destinada aos exames citológicos parece uma pocilga. Acrescente-se a isso a falta de médicos, de dentistas e de remédios nas farmácias.
**
Já ouviram falar em Casa de Noca?
**
Os tucanos da Paraíba, à frente o prefeito Romero Rodrigues, ameaçam deixar o ninho caso o partido permaneça na base aliada do governo Temer.
**
Como as coisas da política mudam.Não faz muito tempo, Romero recebia Temer em Campina e lhe fazia mimos.
**
Sem contar os selfs tendo como paisagem as águas claras do São Francisco.
**
Quando era presidente, Dilma evitava visitar a Paraíba. Agora ela se apaixonou de um jeito que já programa vinda ao Estado ainda este mês. Lula virá em agosto.
**
Gutemberg Cardoso flagrou mulher misteriosa visitando o prefeito Berg Lima na cadeia.
**
Inté.

 




Comentários realizados

  • 13/07/2017 às 14:30

    PILÃO

    Senadores-empresários foram maioria absoluta dos votos a favor da reforma trabalhista; Duas das mais numerosas bancadas do Senado, PSDB e PMDB são os partidos com mais senadores empresários ou acionistas de empresas ou corporações congêneres.SEGUNDO UOL -- SENADORES SO REPRESENTAM ELES MESMOS!O POVO QUE TRABALHA QUE SE DANE!!

  • 12/07/2017 às 13:08

    GABY

    O SENADOR CÁSSIO(PSDB) É GOVERNO! ( CÁSSIO(PSDB) = TEMER(PMDB)!) VAMOS DIVULGAR - CÁSSIO - INIMIGO NUMERO UM DO TRABALHADOR !!!

  • 12/07/2017 às 13:03

    GABY

    Queda de Temer ‘vai demorar um pouco mais‘ que 15 dias, diz senador tucano - senador da Paraíba - é uma canalha oportunista ! MEU POVO! VAMOS ABRIR OS OLHOS!

  • 12/07/2017 às 13:02

    GABY

    Queda de Temer ‘vai demorar um pouco mais‘ que 15 dias, diz senador tucano - senador da Paraíba - é uma canalha oportunista ! MEU POVO! VAMOS ABRIR OS OLHOS!

  • 12/07/2017 às 12:14

    gaby

    Os sujeitos da foto, representam qualquer coisa, menos o povo.Canalhas!!!!!

  • 12/07/2017 às 12:05

    marcos

    Totalmente de acordo, não votarei em nenhum dos que ajudaram a ferrar com o trabalhador.

  • 12/07/2017 às 11:19

    José

    Esses senadores da Paraíba são uma vergonha...

  • 12/07/2017 às 10:52

    iranilson

    Boa dia amigo Tiao por gentileza mostre apenas um direito perdido, só um basta.

  • 12/07/2017 às 10:40

    Angela Lima

    UM "APERITIVO" PARA QUEM AINDA PENSA EM DAR SEU VOTO PARA CÁSSIO, LYRA OU MARANHÃO. Do site 247. MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA APÓS A MORTE DA CLT 247 – O advogado Leonardo Isaac Yarochewsky listou, em 14 pontos, os principais retrocessos da reforma trabalhista aprovada ontem pelo Senado. Confira abaixo: Reforma Trabalhista conforme aprovada ontem 1) Se você ganha mais de R$ 2.212,52, será obrigado a arcar com as custas processuais. Demitido sem receber salários e rescisão, deverá pagar para acionar a Justiça, ainda que não tenha garantia alguma de que irá receber após anos de litígio, e a escola dos filhos, aluguel e demais contas não serão levados em conta para avaliação da gratuidade judiciária. 2) Se você realizou horas extras durante um ano e não recebeu em holerite, ou mesmo se as comissões não foram pagas, seu patrão poderá quitar tudo isso pagando metade, 1/4 (dependerá do humor dele) do que te deve, e você não poderá reclamar as diferenças na Justiça do Trabalho, conforme artigo artigo 507-B do projeto de lei; 3) Se você trabalha no chão de fábrica e ganha R$ 2.000,00, caso venha a sofrer um acidente de trabalho (no Brasil são cerca de 700 mil por ano), fique ciente que sua integridade física valerá menos que a do gerente da fábrica, que ganha seus R$ 10.000,00, pois o artigo 223-G é informa que "sua vida vale o quanto você ganha"; 4) Se você faltar a sua audiência (por inúmeras razões), será obrigado a pagar custas para o Estado e sairá devendo os honorários do advogado da empresa (artigo 844, parágrafo 2º c/c art. 791-A); 5) Seu empregador poderá contratar você como PJ, sonegando impostos, contribuições sociais, férias, 13º, FGTS, DSR, horas extras, e você não terá para quem reclamar (art. 442-B) - autorização de fraude; 6) Se for contratado pela modalidade intermitente (art. 443), poderá ficar sem receber salário mínimo, férias, 13º se o empregador assim desejar. 7) Dívidas trabalhistas poderão ser integralmente fraudadas através da criação de novas empresas e da transferência dos contratos de trabalho (art. 448-A); 8) Será autorizada a rescisão contratual por mútuo acordo. Ou seja, ninguém mais será mandado embora, mas será gentilmente convidado a se retirar (art. 484-A) e o empregador economizará dinheiro na rescisão; 9) Se você ganha mais de R$ 11.062,62, negociará de igual para igual seus direitos trabalhistas em uma Câmara de Arbitragem (art. 507-A); 10) Você não tem direito a decidir qual sindicato irá te representar (unicidade sindical), mas será obrigado a aceitar os acordos por ele realizados, que prevalecerão sobre a lei, e os acordos serão espúrios, eis que acabará a contribuição sindical obrigatória; 11) Será lícito ao empregador, pela negociação coletiva, eliminar direitos sem estabelecer contrapartidas, o que contraria o atual entendimento dos Tribunais Trabalhistas; 12) Se o seu sindicato, que será enfraquecido, estipular uma norma em prejuízo dos sindicalizados, você não terá direito de contestar o conteúdo dessa norma na Justiça; 13) A mulher gestante poderá trabalhar em ambiente insalubre, sob ruído, sol, poeira, dentre outros agentes, desde que um médico subscreva autorização (art. 394-A); 14) Fim da homologação perante os sindicatos (que já não assegura direitos). A homologação poderá ser feita na própria empresa, ou seja, sem qualquer possibilidade de indagação dos valores consignados (art. 855-B), transformando o Juiz do Trabalho em um carimbador; >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> E eu acrescento: Os "ingênuos" que golpearam os trabalhadores acreditando que o governo faria os "ajustes" via MP acabaram de ser comunicado, via twitter, pelo Sr. Presidente da Câmara que NÃO colocará em votação nenhuma MP que altere o que foi aprovado. Estão mesmo querendo ver o "circo" pegar fogo.... O povo estar anestesiado, mas quando começar a sentir a força do "garrote" armado pelos Golpistas....

  • 12/07/2017 às 09:35

    analista

    COMENTÁRIO TOTALMENTE DESASTRADO SOBRE A REFORMA TRABALHISTA, TIÃO. PROCURA SE INTEIRAR MELHOR SOBRE O ASSUNTO, PARA QUE POSSA EMITIR UMA OPINIÃO MAIS COERENTE, TIÃO.

  • 12/07/2017 às 08:55

    Angela Lima

    As senadoras Gleisi Hoffmann, Fátima Bezerra, Regina Sousa e Vanessa Grazottin mostraram ontem que, hoje, são as mulheres que ainda tem a coragem e a dignidade de enfrentar a força dos brutamontes. Elas demonstraram tudo o que faltou aos senadores José Maranhão, Raimundo Lyra e Cássio Cunha Lima, e aos outros 47 capachos que, assim como eles, mostraram ao eleitor que o caminho que devem apontar para tais políticos, em 2018 e nas eleições seguintes, é o da lixeira. Lixeira da politica e da história!

  • 12/07/2017 às 08:22

    José

    CLT a Bíblia do trabalhador? Aquela que foi inspirada no comunista Mussolini? O povo brasileiro estava cansado de pagar imposto pra sindicatos e ninguém sabe pra onde ia esse dinheiro, o trabalhador de verdade não tinha retorno e nem o sindicato servia pra algo, só pra sugar nosso dinheiro.

  • 12/07/2017 às 08:11

    Homero Filho

    Se lascaram, em 2018 nós conversaremos!!

  • 12/07/2017 às 07:59

    Edmundo dos Santos Costa

    NÃO É SOMENTE PELO SALÁRIO QUE ELES BUSCAM O MANDATO DE SENADOR. MUITO MENOS PARA DEFENDER OS INTERESSES DE TRABALHADORES COMUNS. QUEM ENCONTRAR-SE EM CONLUIO QUE BOTE A CARAPUÇA E QUEM NÃO FOR IMBECIL QUE ENTENDA.

  • 12/07/2017 às 07:31

    Cavalcanti

    Resta agora os paraibanos votarem contra eles para acabar com a manata que eles vivem a custa dos idiotas que votaram neles

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

Lula tem razão, o Ministério Público Federal, tão cioso de suas prerrogativas, tão vigilante, tão austero e tão severo, ainda não disse uma... Ler mais

 Li comentários de algumas pessoas reclamando da festa de Princesa, mas depois que vi as fotos nas redes sociais, descobri que os reclamantes são aqueles que viviam com a boca na... Ler mais

 Quando eu era menino lá em Princesa, e bote tempo nisso, finado Nezinho Francelino ameaçava durante as campanhas políticas: “Eles vão vera cor da chita”.... Ler mais