Grande folião

Como hoje é domingo de carnaval, comecemos as domingueiras prestando homenagem ao maior folião de Princesa, o grande Zé de Ana, também conhecido como Cumpade Ruscano, líder inconteste do bloco dos Arapapacas, jogador de futebol, jogador de baralho, pescador, agricultor e dono do Cancão. Neste carnaval, ele salta, pinota e freva como um menino. Nem parece ter os oitenta anos que carrega nas costas.

Outro grande folião

E como um nome chama o outro, sequenciamos as homenagens destacando a figura de Cardivando de Oliveira, que embora não seja um dançarino como Cumpade Ruscano, é folião pela defesa inconteste que fez e faz do carnaval tradição de João Pessoa. Esse carnaval tradição só não está morto,sepultado e com missa de finados encomendada por causa do velho Cardi.

Mais um folião

Não posso esquecer,seguindo o mesmo tema,do folião Willys Leal,membro da velha guarda, que reinventou o corso para ver se João Pessoa voltava aos tempos bons da lança perfume, e que, mesmo diante dos insucessos, continua lutando para manter vivas as tradições do nosso carnaval.

Cabral Batista

Nos deixou com mais de cem anos, mas enquanto viveu foi um folião aguerrido, presidiu a federação carnavalesca e incentivou o carnaval de rua. Merece uma estátua na passarela.

João Batista Mororó

No tempo do velho Astréa, João Batista Mororó tirava a roupa branca de médico e se transformava no carnavalesco nota mil. O Astréa fazia um carnaval belíssimo, que começava na noite do sábado e só terminava ao raiar do sol da quarta-feira de cinzas,com os foliões saindo do clube debaixo de frevo e indo até a Lagoa do Parque Solon de Lucena, com Mororó à frente.

Zé Alan

E pra não dizerem que não falei da nossa querida Sousa, falo agora homenageando um dos seus filhos mais ilustres, o indefecável Zé Alan Abrantes, o cabra mais tomador de cana da região e o folião mais dançarino que já pintou desde o Lastro até o Açude de São Gonçalo.

 

 




Comentários realizados

  • 16/02/2015 às 10:10

    Fernndo Torres

    Tião, nem o fato de hoje ser segunda feira de Carnaval, me faz deixar de querer vez os seu comentários diários, eu sei que você está em Bananeiras no friozinho descansando, mas este fato não lhe dá o direito de eu passar o dia sem rir com as suas notícia e o seu bom humor, tome tento homem, pra descansar você tem a eternidade. A falta dos seus comentários deixa o meu dia faltando alguma coisa, portanto levante-se desta rede e mãos a obra. Um abraço.

  • 15/02/2015 às 09:42

    Raniery Abrantes

    Caro Tião. Todos merecem as mais justas e dignas homenagens. Quanto a parte que nos toca neste "latifúndio", Zé Allan, acrescentar que é um irmão valioso e um amigo leal! Abraços!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

Roberto de Luna Freire Neste sábado, tive o prazer de reencontrar o amigo Roberto Costa de Luna Freire, na sua bela vivenda no Condominio Águas da Serra, em Bananeiras. Um bate papo... Ler mais

Manoel Júnior e o salário pequeno O vice-prefeito Manoel Júnior, diz o Sagres do TCE, ganha um salário de R$ 16.500,00. Isso é pouco.Para a relevância do... Ler mais

Princesa e o arco íris O prefeito Ricardo Pereira já encontrou uma profissão para exercer quando deixar a Prefeitura de Princesa: a de fotógrafo. Essa imagem do arco... Ler mais