Luta pela imortalidade

Abelardinho Jurema(foto), Neno Rabelo e Roberto Cavalcanti estão em disputa aberta pela cadeira que pertenceu a Wellington Aguiar na Academia Paraibana de Letras. Dos três,o mais forte é Roberto,não pelos dotes literários, mas pelo poder de sedução. Como sabemos, na Academia pululam uns imortais que são doidos pelo poder.E o poder do Sistema Correio continua muito sedutor.

Eilzo em Princesa

Cumprindo uma antiga promessa, o imortal Eilzo Matos deixou sua fazenda, no Vale do Piancó, pôs os pés na estrada e foi bater em Princesa. Lá conheceu o sobrado do coronel Zé Pereira e visitou outros pontos históricos da cidade. Deve ter percebido como o palacete está do pau pru bagaço.

Ricardo e a Vila

Foi uma festa bonita, a da inauguração da Vila Olimpica. O governador Ricardo Coutinho foi aplaudido de pé e os ilustres visitantes, todos ex-campeões do mundo em diversas modalidades esportivas, ficaram de queixo caído diante da imponência do empreendimento.

Chove em Bananeiras

No momento em que escrevo estas mal traçadas linhas, chove e faz frio em Bananeiras. O nevoeiro toma conta do lugar, fazendo a paisagem ficar bonita aos olhos de quem espia.

Paulo e o hotel

O compadre Paulo Mariano foi ver de perto o que restou do hotel de Princesa. Construído pelo governo do Estado em 1983, o hotel foi alvo de disputa política entre os grupos de Nominando e Pereira. O governador da época, Zé Maranhão, preferiu lavar as mãos, fechou o local e os vândalos da cidade roubaram todos os móveis, todos os talheres, o telhado, as madeiras e por derradeiro parte das paredes. Alguns figurões de Princesa guardam em casa mesas, poltronas e cadeiras tiradas do hotel.

 




Comentários realizados

  • 29/03/2015 às 21:16

    Edmilson Lucena

    Em 1983 o governador era Wilson Braga. Ze Maranhão assumiu o Governo pela primeira vez em setembro de 1995, com a morte de Antonio Mariz. Em 1983 Ze de Beija exercia o primeiro mandato de deputado federal após ser anistiadO.

    Resposta de Tião

    O hotel foi construído em 83 e destruído no primeiro Governo de Zé de Beija, visse Bibiu!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

Quanto custou a liberdade de Temer   Fala-se de algo em torno de 1 bilhão de reais torrado por Temer para garantir sua sobrevivência política na CCJ. O dinheiro, que... Ler mais

É frio de cabo a rabo   Faz frio no Estado inteiro. Até em João Pessoa! Mas em Princesa, segundo relatos fidedignos dos meus amigos que lá residem, o frio... Ler mais

 E por falar em saudade...  Manhã chuvosa de domingo. Daqui vejo a água descer pelo calçamento quase virgem da rua. Ninguém caminha, só os quatro bebuns... Ler mais