Luta pela imortalidade

Abelardinho Jurema(foto), Neno Rabelo e Roberto Cavalcanti estão em disputa aberta pela cadeira que pertenceu a Wellington Aguiar na Academia Paraibana de Letras. Dos três,o mais forte é Roberto,não pelos dotes literários, mas pelo poder de sedução. Como sabemos, na Academia pululam uns imortais que são doidos pelo poder.E o poder do Sistema Correio continua muito sedutor.

Eilzo em Princesa

Cumprindo uma antiga promessa, o imortal Eilzo Matos deixou sua fazenda, no Vale do Piancó, pôs os pés na estrada e foi bater em Princesa. Lá conheceu o sobrado do coronel Zé Pereira e visitou outros pontos históricos da cidade. Deve ter percebido como o palacete está do pau pru bagaço.

Ricardo e a Vila

Foi uma festa bonita, a da inauguração da Vila Olimpica. O governador Ricardo Coutinho foi aplaudido de pé e os ilustres visitantes, todos ex-campeões do mundo em diversas modalidades esportivas, ficaram de queixo caído diante da imponência do empreendimento.

Chove em Bananeiras

No momento em que escrevo estas mal traçadas linhas, chove e faz frio em Bananeiras. O nevoeiro toma conta do lugar, fazendo a paisagem ficar bonita aos olhos de quem espia.

Paulo e o hotel

O compadre Paulo Mariano foi ver de perto o que restou do hotel de Princesa. Construído pelo governo do Estado em 1983, o hotel foi alvo de disputa política entre os grupos de Nominando e Pereira. O governador da época, Zé Maranhão, preferiu lavar as mãos, fechou o local e os vândalos da cidade roubaram todos os móveis, todos os talheres, o telhado, as madeiras e por derradeiro parte das paredes. Alguns figurões de Princesa guardam em casa mesas, poltronas e cadeiras tiradas do hotel.

 




Comentários realizados

  • 29/03/2015 às 21:16

    Edmilson Lucena

    Em 1983 o governador era Wilson Braga. Ze Maranhão assumiu o Governo pela primeira vez em setembro de 1995, com a morte de Antonio Mariz. Em 1983 Ze de Beija exercia o primeiro mandato de deputado federal após ser anistiadO.

    Resposta de Tião

    O hotel foi construído em 83 e destruído no primeiro Governo de Zé de Beija, visse Bibiu!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

A São Paulo que eu vi Não contei ainda porque estava achando o assunto desinteressante, mas agora acho que dá pra dizer como vi a cidade de São Paulo, que eu vim a... Ler mais

Irmãos Lira se encontram Capitaneados pelo mais velho, o famoso Cabo Lira, os irmãos Lira, filhos de Zé Lira e de Dona Maria do Ó, se encontraram para dar uma força... Ler mais

Ricardo, governador do Nordeste Começo as Domingueiras transcrevendo texto publicado pelo jornalista Rubens Lemos, do Rio Grande do Norte: Ler mais