Encontro de guerrilheiros

 

 

Princesa deu as caras na marcha pela democracia e contra o golpe através do eterno guerrilheiro Paulo Mariano e do indômito Paulo Barbosa, o Barbosão. E ambos avisaram em alto e bom som que, se houver o impeachment,começam uma revolução a partir da terra natal, com quartel general montado na Serra do Gavião.

 

Aí o país treme.

 

Encontro em Bananeiras

 

 

Zé Barros, funcionário graduado do Banco do Brasil e apaixonado, como eu, por Bananeiras, esteve aqui em casa no sábado para meia hora de prosa. Lembramos o tempo de sua passagem por Princesa, dos amigos que lá deixou e da saudade que ambos sentimos daquele belo torrão.

 

Ficou acertado que novas conversas acontecerão.

 

Na Monteiro FM

 

O irrequieto Chico Lobo manda mensagem avisando que quer a minha presença no seu programa da Monteiro FM, quarta feira, a partir do meio dia.

 

Vai sair fumaça pela chaminé.

 

Douglas forte

 

Internautas integrantes de uma lista que reúne bananeirenses e bananeirados concordando: nesta eleição de agora Douglas Lucena não vai ter adversários.

 

O homem é forte.

 

Diomar Pegado não “pegou”

 

 

O médico Diomar Pegado filiou-se ao PSB, que tem candidato a prefeito de Princesa,mas nega apoio ao candidato e manifesta, em nota oficial, a disposição de votar em quem o ex-prefeito Sidney Oliveira, do PSDB, ordenar.

 

Por isso ele anuncia sua próxima desfiliação do partido menos de uma semana após se filiar.

 




Comentários realizados

  • 03/04/2016 às 07:10

    José

    Basta cortar o suprimento para eles morrerem de fome nesta tal Serra do Gavião e proibir os médicos do SUS irem até lá atende-los, para fazerem igual a criança quando foge de casa.

    Resposta de Tião

    Zé, teu humor fica escondido nas profundezas do furico.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

Quanto custou a liberdade de Temer   Fala-se de algo em torno de 1 bilhão de reais torrado por Temer para garantir sua sobrevivência política na CCJ. O dinheiro, que... Ler mais

É frio de cabo a rabo   Faz frio no Estado inteiro. Até em João Pessoa! Mas em Princesa, segundo relatos fidedignos dos meus amigos que lá residem, o frio... Ler mais

 E por falar em saudade...  Manhã chuvosa de domingo. Daqui vejo a água descer pelo calçamento quase virgem da rua. Ninguém caminha, só os quatro bebuns... Ler mais