Ricardo Ramalho, 5.2

 

Foi na intimidade da família, do jeito que ele gosta, que o engenheiro Ricardo Ramalho comemorou, neste sábado, seus 52 anos de proveitosa existência.Juntou filhos, noras, irmãos e os pais e,ao lado da amada Marcileide, cortou bolo, comeu salgadinhos e bebeu vinhos finos, saudando a nova fase 5.2 que chegou enquanto ele experimenta momentos de vitórias na vida profissional.

Daqui, os meus efusivos parabéns.

 

O coveiro sumiu

 

Quem denuncia é o vereador Adaildo Dantas, do PSB, através do blog de Clinton Medeiros: os defuntos da localidade Barra de Cima,em São Bento, estão sem enterro por falta de coveiro.  

Na semana santa, por exemplo, morreram várias pessoas, mas o enterro não aconteceu porque o coveiro havia sumido. O vereador acha que isso é falta de prestígio  dos três vereadores da localidade, que embora apoiem fervorosamente o prefeito, não o sensibilizam para  essa falta de respeito aos mortos.

 

Motorista do outro mundo

 

Tomara que não vire epidemia e os motoristas do resto do Brasil resolvam imitar esse motorista de Brasília, que invadiu o espaço dos pedestres e mandou um monte de gente para o hospital, depois de, como disse no seu depoimento, avistar um portal interplanetário que o convidava a entrar voando para conhecer outras dimensões. 

Cachaça da peste!

 

A rola azul

 

Como aqui no Nordeste só se vê baleia em parte do litoral, alguns engraçadinhos substituíram a Baleia Azul pela Rôla da mesma cor. E fizeram a penosa circular nas redes sociais com este recado:

Você está recebendo a rôla azul...sua primeira tarefa é acariciar  a rôla ...aguarde novas instruções.

 

 

O encontro inesperado

 

 

Gilmar Mendes, presidente do TSE e suspeito de gostar de tucanos e Arlindo Clináglia, petista de quatro costados, conversando reservadamente num hotel na Europa, em plena efervescência do Lava Jato!

 

É por isso que digo que o mundo vai se acabar.

 

 

Perigo nas estradas

 

 

 

Quem adverte é meu amigo Érico, de Campina Grande:

 

Essa mulher é a isca de assaltantes de caminhão. Pede carona e  transa com o motorista enquanto roubam a carga.

 

Para depois implorar:

 

Alguém tem um caminhão pra me emprestar?

 

 

Morto ao cobrar a pensão alimentícia

 

 

 

A Polícia não divulgou os nomes dos envolvidos, apenas noticiou o ocorrido.Segundo a PM, um homem residente no Valentina de Figueiredo, ex-marido de uma índia de Baía da Traição, foi à casa do atual marido da dita cuja cobrar uma pensão alimentícia. O novo marido não gostou e matou o cobrador a tiros.

 

Aí vem a dúvida: nesse caso, cabe a Lei Maria da Penha ou a de Chico Corno?

 

 




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

A São Paulo que eu vi Não contei ainda porque estava achando o assunto desinteressante, mas agora acho que dá pra dizer como vi a cidade de São Paulo, que eu vim a... Ler mais

Irmãos Lira se encontram Capitaneados pelo mais velho, o famoso Cabo Lira, os irmãos Lira, filhos de Zé Lira e de Dona Maria do Ó, se encontraram para dar uma força... Ler mais

Ricardo, governador do Nordeste Começo as Domingueiras transcrevendo texto publicado pelo jornalista Rubens Lemos, do Rio Grande do Norte: Ler mais