Ele não é flor que se cheire, pois está enrolado na Lava Jato até os frondosos cabelos. Mas é o presidente do Senado e, ainda por cima, tesoureiro do diretório nacional do MDB. Então sua fala tem mais força do que a do vice-prefeito Manoel Júnior, que fez uma reunião com meia dúzia de gatos pingados para produzir uma nota ignorando o senador Zé Maranhão e apontando o prefeito Cartaxo como seu candidato a governador.

Eunicio Oliveira foi entrevistado hoje pelo Correio Debate e mandou ver: “A prioridade do MDB nacional é a eleição de Zé Maranhão como governador da Paraíba”.

Deve ser por isso que Zé ficou calado, não disse uma nota, não produziu uma fala em cima da nota do diretório municipal. Zé, disciplinado e acostumado aos embates duros da política, sabe que “manda quem pode e obedece quem tem juízo”.

E ficou ainda mais tranquilo quando ouviu o tesoureiro nacional do MDB dizer que o dinheiro para a sua campanha já está guardado.

 




Comentários realizados

  • 13/01/2018 às 05:43

    (83)87526654

    Eu particularmente adimiro o senador ze maranhão, pois, no meio de tanta corrupcão envolvendo pessoas de seu partido, não ter seu nome citado em nada é de se vangloriar e dizer que é uma reserva moral da PB e que merece todo respeito.

  • 12/01/2018 às 19:37

    Cavalcanti

    O veio Maranhão com quase 200 anos e não quer largar o osso.

  • 12/01/2018 às 19:34

    Cavalcanti

    Manoel Junior tá lambendo uma rapadura para tomar conta da prefeitura é o sonho dourado da vida dele

  • 11/01/2018 às 17:40

    Angela

    Do Temer ao Estadão:" ‘Estou ótimo. Embora toda hora alguém queira me matar. Uns por vontade mesmo, outros por desinformação‘". ///Do Sakamoto sobre a declaração do Temer: " "Desejo que ele viva muito. Inclusive para que, após o cargo que ocupa, possa ser processado e julgado por corrupção passiva, obstrução de justiça e organização criminosa".

  • 11/01/2018 às 16:45

    Angela

    Falta ouvir o maioral dessa estória: O ELEITOR! Mesmo por que o próprio Eunício corre risco de perder a reeleição no Ceará. Dinheiro é importante numa eleição, mas ele não garante eleição de ninguém, é por isso que o Cássio hoje não é o governador, e sim o Ricardo! Quanto ao imbróglio Manoel Junior X Maranhão, isso tudo lembra a ultima eleição para prefeito na capital: Manoel Junior "peitou" Maranhão e acabou saindo candidato a vice. Maranhão "abaixou a cabeça" e aceitou tudo o que o "amigo" do Cunha queria. O Maranhão deu asas a quem deveria. Bem feito!

  • 11/01/2018 às 16:00

    JOSÉ J.R. DE PÁDUA FREIRE.

    Eita Zé blefando novamente...

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias