Segundo levantamento feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o nível do açude Epitácio Pessoa, que fica localizado na cidade de Boqueirão, continua subindo após 17 dias do fim do racionamento em Campina Grande. Durante este período o reservatório recebeu um aporte de 530.000 metros cúbicos.

De acordo com o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva, o açude poderia ter recebido mais água, não fosse a diminuição da vazão que a Paraíba recebe do rio São Francisco. “Nosso monitoramento, que é feito diariamente, registrou uma queda significativa. A vazão de água caiu de 3,57 metros por segundo para 2,41 metros por segundo entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro. Isto por causa de um serviço de manutenção nas estações elevatórias”, informou.

O reservatório Epitácio Pessoa, mais conhecido como Boqueirão, comporta mais de 411 milhões de metros cúbicos de água e atualmente está com 8,45% da capacidade, o equivalente a 34.790.000 metros cúbicos. O açude abastece Campina Grande e outras 18 cidades do compartimento da Borborema.

Dos 127 reservatórios monitorados pela Aesa, 48 estão com menos de 5% da capacidade. Outros 39 estão com menos de 20%, 37 açudes têm mais que 20% e 3 estão sangrando. O site da Aesa, www.aesa.pb.gov.br, detalha os níveis de cada barragem. Também podem ser acessados dados sobre a previsão do tempo, a legalização de obras hídricas e o trabalho desenvolvido pelos comitês de bacias hidrográficas.

 

 




Comentários realizados

  • 12/09/2017 às 16:46

    eugenioeu tavares

    E os políticos do PSDB e de Campina grande continuam afirmando que o açude está secando.

  • 11/09/2017 às 17:57

    Chico lá de

    Bastião , será que AESA teria como fazer uma previsão de quando Boqueirão começaria a SANGRAR???

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

 O meu tio Severino Cazuzão era tão avarento que meu pai costumava dizer que ele era mais amarrado do que orelha de freira, isso no tempo em que as freiras se vestiam da... Ler mais

 Maria Doida quer mudar de nome para se eleger deputada. Como Maria Doida já foi candidata a vereadora e aliada de Collor, sendo recebida festivamente por ele na sua posse, em... Ler mais