A tranquilidade do presidente Michel Temer diante das lapadas que vem levando desde anteontem é apenas aparente. O homem está aperreado e já tentou, através de habeas corpus no Supremo, barrar o inquérito que o ministro Fachim mandou abrir.

Na habeas corpus protocolado pelos seus advogados junto ao Supremo, o presidente da República pleiteia a exclusão do relator/revisor do inquérito 4483, no caso o ministro Edson Fachin, o mesmo que homologou a delação do homem da Friboi e liberou geral o depoimento que joga o presidente no canto da parede.

Segundo advogados consultados pelo blog, o remédio jurídico tentado pelo presidente é incabível no caso e só demonstra o desespero do chefe da nação.

 




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

Outras Notícias

 O meu tio Severino Cazuzão era tão avarento que meu pai costumava dizer que ele era mais amarrado do que orelha de freira, isso no tempo em que as freiras se vestiam da... Ler mais

 Maria Doida quer mudar de nome para se eleger deputada. Como Maria Doida já foi candidata a vereadora e aliada de Collor, sendo recebida festivamente por ele na sua posse, em... Ler mais