Quem te viu, quem te vê! Cartaxo, que em 2016 referiu-se a João Azevedo como experimento de laboratório, consegue ir mais além: criou o seu clone!

Por: Aldo Ribeiro

A vida é cheia de surpresas e ironias, não é mesmo? Depois de desistências, charminhos, alfinetadas, pedidos de perdão e uma mais que urgente reaproximação, eis que surge o candidato “oficial” das oposições, já que esse mesmo grupo ignora o ex-governador Maranhão: Lucélio Cartaxo!

Não custa relembrar. Ainda no início de 2016, o secretário João Azevedo era um possível candidato à prefeitura de João Pessoa pelo PSB. Um técnico e gestor público com experiência de décadas e respeitado por qualquer grupo político desse estado, por sua competência e pela assinatura de inúmeras obras estado afora.

Pois bem, à época, no afã de descredenciar o possível candidato do PSB pessoense, o prefeito da capital solta essa. Denomina o secretário João Azevedo como sendo um “experimento de laboratório”. A resposta do secretário, foi polida e educada:

 “O meu laboratório foi a vida pública. Sou secretário nesta cidade desde 1986, passei por diversas gestões e secretarias, construindo esse projeto que João Pessoa e a Paraíba conhece muito bem. Na verdade acho que essa questão de me tachar apenas como gestor, eu me sinto orgulhoso quando me denominam apenas como gestor, porque se a visão da pessoa é essa ela sabe o que estou fazendo, sei por quais caminhos trilhar para fazer as coisas acontecer e ser fruto deste trabalho. Muito mais importante que apresentações pessoais, é apresentar obras, ações, serviços pelo qual a população elegeu o prefeito. Isso tipo de informação dada não tem muita relevância, o importante mesmo é mostrar o que está sendo feito”. (ParaíbaJá, 22/01/2016)

Resposta bacana e equilibrada do secretário. Dito isso, a pergunta que devemos fazer ao prefeito da capital, é: e seu irmão, que tipo de experimento científico é o mesmo?

Abramos os olhos. Novos personagens, velhas práticas.

4 Comentário On Quem te viu, quem te vê! Cartaxo, que em 2016 referiu-se a João Azevedo como experimento de laboratório, consegue ir mais além: criou o seu clone!

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles