Moro combinou resultados

A combinação de resultados sempre foi vista como uma coisa fora da lei. Veja o que ocorreu com o presidente da CBF, José Maria Marin. De tanto combinar, terminou descombinado e hoje cumpre pena numa prisão dos Estados Unidos.

Se no futebol a combinação sofre os rigores da lei, o que dizer quando os “combinadores” são representantes do Poder Judiciário?

O que Moro fez foi exatamente isso. Combinou resultados com o procurador da lava jato. Orientou, sugeriu, exigiu e até xingou, ambos os dois procurando um jeito de entortar um partido político e, assim, evitar a eleição de um candidato.

O juiz é o julgador da causa. A ele não é dado o direito de interferir na  investigação. Se ele interfere, torna-se suspeito. E a ética manda que se averbe e ceda o lugar para um magistrado isento.

No caso denunciado pelo The Intercept, o juiz federal Sérgio Moro combina com o representante do Ministério Público a melhor maneira de pegar Lula desprevenido. Até avisa que o ex-presidente estaria se livrando de bens, passando a posse para um filho, ao mesmo tempo em que sugere o interrogatório da fonte que lhe passou a informação.

Se isso é uma coisa normal para o general Mourão e outros representantes da república de Bolsonaro, para as pessoas de bem desse país não passa de imundície. Uma imundície que deve ser jogada na lata de lixo e queimada para não empestar o ambiente.

10 Comentário On Moro combinou resultados

  • A mesma conversa pra encher miolo de pote continua!!!! Daqui pra sexta ninguém fala mais nesse factóide!!!! Todo mundo e a mulher de seu Raimundo sabe que um caba correto como Sérgio Moro não ia dar voada e fazer besteira. Aí fica um moi de otários e desocupados conversando e inventando merda. Aviso às viuvinhas choronas que se conformem, só falta esse resto de ano e mais sete pra Bolsonaro sair!!!!!! Xau, babacas,KKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!

  • O APLICATIVO DE MENSAGENS TELEGRAM DIVULGOU NOTA
    AFIRMANDO QUE “NÃO HÁ NENHUM EVIDÊNCIA DE NENHUM
    HACKER, NA FERRAMENTA”.
    A INFORMAÇÃO É DO JORNALISTA PEPE ESCOBAR.
    O TELEGRAM COLOCA POR TERRA AS ARGUMENTAÇÕES DO
    ENVOLVIDOS NO ESCÂNDALO DE QUE OS SEUS CELULARES
    TERIAM SIDO HACKEADOS.

    SERÁ MAIS UMA PIZZA INDO PARA O FORNO?

  • À Dúvida: por que só agora isso foi revelado e não antes das eleições de 2018. O Crime: houve sim um crime, a invasão da conversa privada entre um juiz e um procurador federal e que esse hacker seja responsabilizado criminalmente. A certeza é de que, Lula, um ladrão desqualificado, permanecerá preso.
    Opinião de um leigo.

  • Lenio: depois de Lavajatogate, “direito nunca mais será o mesmo”
    Na opinião do professor de Direito Constitucional e pós-doutor em Direito, o jurista Lenio Streck, sem nenhuma dúvida, as conversas reveladas pelo The Intercept “configuram relações promíscuas e ilegais entre juiz e membros do Ministério Público; “Sob o pretexto da luta contra a corrupção, trocaram o Direito pela política”, disse.
    Ou seja, se um pós- doutor em Direito diz que é crime, quem somos nós a dizer o contrário

  • Esse povo idiota apaixonado por Moro é tão escroto, que o próprio juizeco fala que não tem nada demais nas conversas, ou seja, o próprio Moro não nega que as informações são verdadeiras, daí vem um monte de babaca apaixonado pela pica dele dizer que é factoide….bando de imbecis!

  • Concordo com Arnaldo e Barigone. Vivemos numa democracia. temos que respeitar a opinião das outras pessoas.

  • Imagine-se ser um réu inocente, sendo acusado pelo Ministério público de um homicídio. Aí você descobre que o juiz que vai te julgar foi quem arrolou as testemunhas, e não o MP. Como você iria se sentir?? Resposta: previamente condenado e sem chance de absolvição. Eu pessoalmente entraria com recurso antes de ser proferida a sentença.

  • Moro não é juíz, mas um dublê de juiz. E o outro que é procurador deveria se chamar dr PowerPoint.

Deixe uma resposta to Delfos Cancelar Resposta

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste