Só que não

Marcos Pires Os mais felizes lembram de um dos maiores sucessos musicais do início dos anos 60, El reloj, que chamávamos no Miramar de “Porque não paras, relógio”. Foi composta por Roberto Cantoral, que também pariu a belíssima La Barca. Pois bom! Sempre acreditei na incrível história de que o compositor acompanhava sua

Continue Lendo

O filósofo Gumercindo

Seu Gumercindo Cartaxo, Rei de Marisópolis nos idos de 40, aconselhava aos seus rebentos, dentre eles Valter, o Locutor das Multidões,a namorarem qualquer tipo de mulher, porém, na hora de casar, deveriam escolher aquelas de rejeito grosso, considerando as de mocotós finos preguiçosas. Até hoje não se sabe a que

Continue Lendo

Bilhetinho de Aldo Lopes

Os tempos mudaram, meu caro Tião. Semana passada acompanhei, estupefato, a catedral de Notre-Dame em chamas, os parisienses no meio da rua, uns chorando e outros cantando hinos religiosos. Tudo isso em tempo real. Júlio Verne, o percussor de todas as ficções científicas, também francês, escreveu um livro chamado Paris

Continue Lendo

A PEDRADA NO JUDAS

  Miguel Lucena* Há 33 anos, idade de Cristo, fui escalado para fazer a cobertura jornalística da tradicional malhação do Judas, na Praça dos Motoristas, em Jaguaribe, bairro tradicional de João Pessoa, capital da Paraíba. A malhação ocorria à meia-noite, após a missa da ressurreição, na Igreja do Rosário. Fui

Continue Lendo

Efeitos ‘ex nunc’

Irapuan Sobral Toffoli e Moraes não têm mais legitimidade (condições políticas) para continuarem como ministros do STF. Ambos devem passar por processo de impedimento, perante o Senado Federal, com a suspensão das funções, até que sejam julgados. Não é possível o exercício simultâneo das funções judicantes com um processo dessa

Continue Lendo

Porque hoje é sábado

1- Hoje é sábado de aleluia. É hoje que Judas paga o pato. Ele, que traiu Jesus por trinta dinheiros, presta contas ao cão canjiquinha pelo seu erro. Em Jaguaribe tem malhação. É como chamam o castigo aplicado ao traidor. Soube eu que 1berto de Almeida será o juiz do

Continue Lendo

MANÉ TOCADOR E A CRIANÇA

Miguel Lucena Eu ficava, às vezes, na casa da minha tia Jove. Ela tinha medo de dormir só e sempre levava um sobrinho pequeno para lhe fazer companhia. A casa  se situava em uma travessa entre a Rua Grande e a Rua Nova, em Princesa, Paraíba, quase ao lado da

Continue Lendo

As primeiras do dia

Frase da vereadora Raissa Lacerda: “A administração de Luciano Cartaxo me representa”. Então, tudo aquilo que Raissa disse do prefeito foi se vendo no espelho. ** Não estranhem o silêncio de João Pinto. A API não divulga mais nota de solidariedade aos seus associados. Faltou tinta na impressora e coragem

Continue Lendo

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles