Apesar de o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) tentar passar para opinião pública a informação de que a gestão municipal de João Pessoa não tem relação alguma com a suspeita de corrupção milionária nas obras da Lagoa, do Parque Solon de Lucena, idealizada pela própria prefeitura da Capital, a procuradoria do município ingressou com um pedido para se habilitar no processo com a justificativa de se defender.