Respeito é bom e eu gosto

Todo mundo já ouviu falar nesse ditado popular e é verdade . Tem que  respeitar a “pulissa” .
Porém , nem sempre é assim e muitos “sem noção” ou desavisados esquecem que o direito da livre manifestação do pensamento e liberdade de expressão encontra limites e não pode ser usado para denegrir a honra de ninguém .
Foi baseado nessa premissa de proteção da honra e da imagem que mais um desavisado sofreu a ira da lei por ofender , desta vez , a honra do Governador Ricardo Coutinho .
Foi Nessa linha , e através do seu advogado Francisco Ferreira,  que Ricardo Vieira processou cível e criminalmente o cidadão Guilherme KRANZ , natural do Rio Grande do Sul , que através de grupos de WhatsApp vinha proferindo ofensas diretas e desonrosas contra a pessoa do Governador , o que lhe rendeu dois processos judiciais , dos quais , o que tramita na 1ª Vara Cível de João Pessoa ( processo número 0862820-15.2018.815.2001) , resultou na decisão do Juiz Josivaldo Felix, que determinou a retirada imediata do conteúdo ofensivo e proibiu o réu de novas ofensas contra o governador .
Devido a isso , o réu  não apenas de excluiu os termos ofensivos , como também de se retratou publicamente e pediu desculpas ao governador , que as aceitou . A retratação foi publicado pelo réu Guilherme KRANZ nos grupos de WhatsApp , Facebook e Instagram .
E não custa nada avisar:
Muita gente por aí, mais cedo ou mais tarde, vai ter que apelar para a retração, se o governador aceitá-la, é claro. Porque se não se retratar, terá que enfrentar uma condenação.
Vejam  os termos da retratação do gaúcho:
“RETRATAÇÃO PÚBLICA 
Eu, GUILHERME KRANZ, pelo presente Termo, venho a público RETRATAR-ME das ofensas proferidas contra a pessoa do EXCELENTÍSSIMO SR GOVERNADOR DO ESTADO, RICARDO VIEIRA COUTINHO,  em virtude das palavras injuriosas que covardemente proferi em grupos de WhatsApp e que causou danos de ordem moral ao Governador que é vítima desse meu ato irresponsavel que custou-me dois processos , um criminal e um cível. Assumo que meu ato foi insensato e leviano, pois sem nenhum motivo e sem dar chance de defesa ao ofendido, proferi palavras de baixo calão , de forma injusta, contra a maior autoridade do Estado e contra pessoa de conduta ilibada. Reconheço  não serem verdadeiras as afirmações feitas através do meu comentário, assim como reconheço a grandiosidade humana e de pessoa pública  do Sr Ricardo Coutinho que transformou para
melhor a vida dos Paraibanos. Por isso , peço perdão e desculpas ao Sr. Ricardo Vieira Coutinho  pelos transtornos causados devido ao infortúnio da minha falta de sensatez e equilibro. 
Por fim , espero que a presente Nota de Retratação  Pública possa aclarar as inverdades e injustiças por mim cometidas e demonstrar cada vez mais  a idoneidade do ofendido.
Ao Excelentíssimo Governador Ricardo , minhas desculpas. 
Respeitosamente, 
GUILHERME  KRANZ 
JOÃO PESSOA , 07 de NOVEMBRO DE 2018”

3 Comentário On Respeito é bom e eu gosto

  • Eita batida de pino, que cabra frouxo, num aguenta um aperto e se borra todo. Fica conversando besteira em redes sociais pensando que o mundo é dele.
    Cabra aprenda a respeitar autoridade e principalmente quando se trata de um governante do porte e respeitado –
    Sr Ricardo Coutinho.

  • Achou que o mundo é dele e se f………

  • Bem feito, falar mal de RC o melhor governador de todos os tempos, respeitem a patente kkkkcurti muito essa retratação.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

Mais comentadas