Aloysio Pereira, o homem, o mito, o filho de Princesa que nesta sexta chega aos 95 anos de idade

 

Imagino Aloysio Pereira desembarcando em Princesa, nesta sexta-feira,dia do seu aniversário. Com certeza a cidade estaria engalanada, as ruas cheias, os foguetões pipocando no céu, a banda de música tocando e os mais afoitos gritando vivas ao filho do coronel Zé Pereira, do mesmo jeito que gritavam em 30 saudando o guerreiro que ousou desafiar o poder do Estado e fez de Princesa um território livre.

O guerreiro Aloysio certamente desejaria isso. Ele ama Princesa mais do que todos nós. Um papo com Aloysio sem o nome de Princesa ser pronunciado umas vinte vezes, no mínimo, não é papo com Aloysio. Pode ser com qualquer outro, menos com ele.

Mas ele não vai poder pisar hoje em sua terra. Aos 95 anos, recupera-se de um problema de saúde que requer cuidados.

Vai receber os abraços de carinho e de afeto de seus amigos e conterrâneos em sua casa, aqui na Capital, mas tenho certeza absoluta que o seu coração estará pulsando por Princesa, as lembranças da terrinha estarão mais vivas do que nunca, porque é assim que age o princesense apaixonado.

Já fui seu adversário,num tempo em que, pela desinformação do tempo, não tínhamos tempo para separar o joio do trigo.

Isso passou.

Passou como o vento ruim que é tangido pela brisa acolhedora da manhã, das alvoradas sertanejas, do alvorecer ao som dos passarinhos que tocam na orquestra dos nossos sertões.

Você, leitor amigo, talvez não acredite no que vou dizer: No Brasil existe um homem público que chegou aos 95 anos de idade sem uma mácula na sua biografia.

Num tempo de tanto descrédito e num país de tanta safadeza, isso é um marco histórico.

Aloysio é um marco e uma marca.

É um exemplo a ser seguido pelos mais jovens e uma esperança para os desesperançados.

Se ainda temos gente como Aloysio Pereira Lima a andar por esse solo brasileiro e a opinar com a lucidez de um moço sobre as coisas do Brasil, isso é sinal de que nem tudo está perdido.

Obrigado, ilustre conterrâneo, por ser o que é.

Nós nos orgulhamos de você.

E Princesa, sua terra, nossa terra, o exibe como seu maior troféu.

4 Comentário On Aloysio Pereira, o homem, o mito, o filho de Princesa que nesta sexta chega aos 95 anos de idade

  • Meu caro Dr. Aloysio Pereira Lima, é um prazer para mim e todos os meus ser seu amigo e parente, com orgulho sou neto do Ten. Silvino Pereira Lima, amigo e primo legitimo do Cel. José Pereira Lima, filho de João Gualter da Silva e de Ana Pereira Lima. João Gualter foi tabelião de Juru, nomeado pelo governador Pedro Moreno Gondim, daí em diante as portas se abriram para todos da nossa família, graças ao trabalho, voltei a estudar e comecei a tocar minha vida, me casei com uma princesense Maria Ideilde Gualter, temos quatro filhos e nove netos, graças a Deus todos os meus filhos independentes e meus netos também conquistando as suas, devemos com muito orgulho as sementes plantadas por Dr. Aloysio Pereira Lima, não esqueço e mais uma vez queremos parabenizar o nosso grande amigo, que São Miguel, lhe dê saúde, paz e muitos anos de vida.
    PARABÉNS Dr. Aloysio.

  • Parabenizo o ilustre deputado Dr Aloysio Pereira pelo seu aniversario, homem de conduta ilibada filho do grande e honrado Coronel José Pereira Lima, figura maior de nossa Princesa Isabel, um abrado do conterrâneo que tanto lhe admira.

    Nivaldo Leite Dias
    Sub-Tenente Músico Servindo em Campina Grande Paraíba.

  • Parabenizo o ilustre deputado Dr Aloysio Pereira pelo seu aniversário. Homem de conduta ilibada, filho do grande e honrado Coronel José Pereira Lima, figura maior de nossa Princesa Isabel, um abraço do conterrâneo que tanto lhe admira.

    Nivaldo Leite Dias
    Subtenente Músico servindo em Campina Grande, Paraíba.

  • Meu nome é Paulo de Tarso Soares Pereira. Sou filho de Pedro Alves Pereira. Falecido há 7 anos
    Meu pai contava que era sobrinho do coronel ze pereira e falava sobre sua história. Nunca procurei saber. Mas tenho curiosidade. Meu email é paulodetarsoadvogados@hotmail.com
    Se alguém puder me contar a estória agradeço

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste