As primeiras do dia

Não queria mais falar de mortes aqui, porém não tem como evitar. Morreu Júnior Holanda Lins, filho do meu saudoso amigo Pedro Lins e irmão dos não menos amigos Rafael, Neumam e Vagner.

Um câncer traiçoeiro se instalou no seu fígado e o fulminou em poucos meses.

A morte se deu de madrugada, depois de longa batalha no hospital.

Ainda não sei onde será o velório e quando se dará o enterro.

**

Pegando o embalo de Júnior, será logo mais às 10 horas, no Parque das Acácias, o sepultamento de Dona Nevinha, mãe do meu amigo e confrade Fábio Bernardo.

Fábio já havia perdido o pai, Bernardo Filho, há cerca de dois anos. Dona Nevinha agora vai ao encontro do marido e Fábio chora mais uma vez.

**

Pois fiquem sabendo que gostei muito do show particular da mulher de Bolsonaro na festa da posse. A moça mostrou que tem personalidade, que não será apenas aquela figura decorativa de primeira dama, além de ser bonita que só a peste.

E o tomara que caia dela estava um charme, uma lindeza.

**

Não consegui abraçar Ricardo Coutinho, ontem, ao final da solenidade de posse de João Azevedo. E não consegui porque o povo não deixou. Tinha gente demais na fila dos abraços, gente do povo, gente da periferia, mulheres e homens gritando o seu nome e pedindo que volte em 2020.

**

Johnsom Abrantes era um dos mais felizes na posse de João Azevedo. Ele só não, a família inteira, amiga de João de longas datas. Todos os Abrantes cerraram fileiras na campanha de João e lá no Lastro foi porteira fechada.

**

O meu amigo, advogado Francisco Ferreira, de férias em Bananeiras, veio assistir a posse de João Azevedo.

**

O vice-prefeito de Princesa, Aledson Moura, também marcou presença, ao lado do seu inseparável aliado Ronaldo Benício.

**

Falar em Princesa, o prefeito aumentou o salário mínimo para R$ 1.016,00, bem acima do salário anunciado por Bolsonaro, de R$ 998,00.

**

Gratificante encontrar tanta gente me parando na praça João Pessoa para dizer que  é fã dos meus escritos.

**

Damião Ramos, o novo secretário da Cultura, me perguntando o que tem em Princesa para receber atenção da sua Secretaria.

**

Levanta aí, Chico Florencio!

**

EdWARD Abrantes, filho de Johnsim, vai ser diretor administrativo financeiro de importante estatal de Brasília.

**

Hoje João Azevedo empossa o secretariado às 10 horas, no Espaço Cultural. Amanhã tem reunião de trabalho com todos eles, começando às 9 horas, sem hora pra terminar.

**

E eu vou tomar banho que o calor tá de torar.

4 Comentário On As primeiras do dia

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste