As primeiras do dia

Andaram me perguntando os motivos pelos quais não dei resposta a Inhame Descascado. E eu justifiquei: “Como responder a quem morreu e não sabe que está morto?”

**

Sobrenomes conhecidos de Cabedelo assanham as asas com os olhos aboticados para a Prefeitura. Será que o povo vai devolver ao trono essas manjadas figuras?

**

Num reencontro saboroso com joão Pinto, Joanildo Mendes, Zé Euflávio, Todynho e Cristiano Machado, relembranças dos tempos de Marcos Odilon e suas tiradas geniais.

**

Os que agem como fogo de monturo, queimando por dentro só com a fumaça, cedo ou tarde serão desmascarados.

**

As redes sociais facilitam os recados, mas são traiçoeiras. A gente termina sabendo de tudo, viu fogo de monturo!

**

Agora é briga de grandes: prefeito de Sousa processa o deputado Renato Gadelha, que o chamou, num programa de rádio, de ladrão, covarde, cafajeste e canalha.

**

A turma pira com o sucesso do prefeito Ricardo Pereira. Vai todo mundo pro hospício.

**

Em sua coluna no jornal O Globo, o jornalista Bernardo Mello Franco diz que o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), deputado estadual no Rio, “adotou uma tática pouco original para se defender. Jogou a contratação da mãe e da mulher do miliciano na conta do motorista. Nessa toada, Flávio ainda vai tentar nos convencer de que ele era o assessor do Queiroz — e não o contrário”.

**

Google Tradutor faz estragos na equipe de Bolsonaro.

**

E eu fui aconselhado a utilizar o dito cujo quando estivesse em solo estrangeiro.

**

Viuge!

**

Será que naquele país visitado pelo nosso presidente não existe ferro de engomar?

**

Vamos lá, gente, pra fazenda do Vavá participar do lançamento de “Nos Tempos de Jornal”.

**

Confirmados até agora, daqui de João Pessoa, Cicero Lima, Quinto de Santa Rita, Maurilio Batista, Fabio Mozart e Cia, João Tomé Camurça, Geordie Filho e, de Monteiro, Fred Menezes.

**

Mais tarde digo mais nomes.

1 Comentário On As primeiras do dia

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste