As primeiras do dia

Está certo, o juiz repôs a verdade e ficou claro que Waldson Souza não recebeu mensalão de 30 mil reais mensais da Cruz Vermelha, como noticiaram portais e blogs ligados à oposição. A corrigenda foi publicada, mas eu quero saber: quem vai consertar o estrago causado a honra e a dignidade do secretário?

**

Durante todo o dia, blogs e portais da oposição massacraram o homem Waldson de Souza naquilo que ele tem de mais sagrado, que é a sua honra. Até certas mal amadas fizeram troça, publicaram fotos deformadas com a cara do homem. E somente quando o domingo dava adeus ao dia é que, de rabos murchos e com medo da rebordosa, deram a versão oficial.

**

Mas o juiz que cometeu o equívoco o consertou tão logo percebeu que os 30 mil reais não eram pagos a Waldson e sim a uma outra pessoa. E, incontinenti, redigiu a decisão correta. Adeptos do escândalo, porém, correram sôfregos para suas manchetes, desprezando a sentença correta e dando vez ao que não correspondia a verdade.

**

Que sirva de lição o triste papel desempenhado por esses urubus.

**

Um bairro inteiro, o Jardim Karlota, em Princesa, ficou claro como um dia na noite deste domingo, graças a iluminação de LED colocada pelo prefeito Ricardo Pereira.

**

Dizem que o novo presidente do Senado, apesar de jovem, tem uma belíssima folha corrida .

**

Nota do Governo do Estado:

“A respeito de matéria veiculada neste domingo no Fantástico, da Rede Globo, o Governo do Estado da Paraíba reafirma sua posição em continuar trabalhando para assegurar a manutenção da qualidade da prestação de serviços em todas as unidades hospitalares em funcionamento sob contratos com organizações sociais, protegendo a gestão e a aplicação correta dos recursos públicos. Como se sabe, os hospitais de alta complexidade na Paraíba atingiram patamares de qualidade muito diferentes do que registravam antes de 2011. E, neste sentido, o Governo vem ao longo de todos esses anos tomando medidas preventivas a fim de preservar e aprimorar as metas conquistadas. Estando pronto para cobrar que os contratos sejam seguidos na sua mais eficiente integridade, sem riscos para o erário público e, especialmente, para o bem estar da população.”

**

O amigo Ramalho Leite teve um ligeiro infarto, mas depois de uma angioplastia passa bem, se recupera na UTI da Unimed e deve ter alta no decorrer da semana.

**

Antes de se matar, Sabrina Bitencourt escreveu nas redes sociais: “Marielle me uno a ti. Eu fiz o que pude, até onde pude. Meu amor será eterno por todos vocês. Perdão por não aguentar, meus filhos”

**

A vida continua.

9 Comentário On As primeiras do dia

  • A “bomba” faiou. Nem traque era.

  • Todos nós que conhecemos o secretário Waldson de Souza, sabemos do seu caráter e idoneidade, por isso as viúvas da oposição acham que denegrindo sua imagem vai atingir o governo, junto com a tv cabo branco.

  • Realmente um estado que investiu tanto não só na saude como em todas as areas, ainda faria o milagre de em meio a tanto trabalho na saúde, educação, segurança, estradas, segurança hidrica, segurança de suas barragens e por ai vai que ainda tivesse em meio a crise que nosso pais vive conseguido
    desviar tanto. Momento em que estados tidos como ricos que passam por crises grandes a ponto de atrasar inclusive salários, nossa Paraiba que em meio a crise se sobresai com equilibrio financeiro, que resgatou a autoestima de seu povo ainda tivesse folego pra um secretario receber um mesnasalao de 30 mil reais. Acredito que estados onde há crise de verdade e onde nada se fez fosse mais interessante investigar e noticiar. Mas não me espanta que os premios recebidos por nosso estado, um hospital publico de referencia como o metropolitano , o centro de convenções e tantas obras feitas em meio a crise não tenham a merecida repercussao, realmente nossa midia em especial a globo e pricipalmente a globo local que colocou uma venda nos olhos pra tudo de bom que esse governo fez. Felizmente o povo reconheceu nas urnas o valor de tudo que foi feito. Viva o trabalho.

  • José Jackson, Serra Branca _ PB

    A torcida para que o nome de Ricardo Coutinho fosse mencionado no esquema era grande. Porém, mas uma vez a turma do atraso se lascou. Acostumem-se a tomar surra de votos do politico paraibano mais forte de todas os tempos. Fiquem com os corruptos e cassados de vocês e deixem um homem de bem em paz. Viva o trabalho!!!

  • Quero assistir o direito corrupto de resposta.

  • A mais pura verdade!!!
    Operação Calvário: a montanha pariu um rato no Fantástico
    Por Flávio Lúcio

    Depois de ter circulado por alguns dias a “informação” de que o programa Fantástico, que a Rede Globo exibe na noite dos domingos, apresentaria uma matéria sobre desvio de recursos públicos no Hospital de Traumas de João Pessoa, administrado pela “Organização Social” Cruz Vermelha durante os últimos 8 anos, eis que nada de relevante, que pudesse envolver Ricardo Coutinho, foi mostrado.

    A tentativa de envolver o governo anterior com desvios praticados pela Cruz Vermelha no Rio de Janeiro foi de tal maneira frustrada que a única imagem com alguma capacidade de gerar duvida foi a de um ex-assessor da secretária Livânia Farias, Leandro Nunes, recebendo um caixa de vinho de uma mulher. Uma única cédula não foi mostrada, o que nos leva a supor que poderia haver qualquer coisa na caixa, inclusive vinho.

    A falta de isenção da “reportagem” foi tal que quase não houve espaço para que o Governo da Paraíba se pronunciasse, enquanto procuradores do Rio de Janeiro e da Paraíba tiveram espaço de sobra para se pronunciavam de maneira genérica sobre o envolvimento da Cruz Vermelha com desvios de recursos públicos.

    Na matéria inteira, foram destinados alguns segundos para a leitura protocolar de um trecho da nota divulgada na última sexta sobre ações da PF na capital paraibana envolvendo a Operação Calvário, que investiga a Cruz Vermelha, em que o governo paraibano nega maneira protocolar envolvimento nos desvios.

    O trecho mais importante, e que demonstra que o montante de mais de um bilhão de reais repassados à Cruz Vermelha se refere ao contrato de prestação de serviços cobrados para a OS administrar o Trauma.

    Nada que questionasse que esses serviços não foram executados foi apresentado.

    Enfim, se a matéria do Fantástico serve para alguma coisa é para demonstrar que a imagem de lisura que Ricardo Coutinho cultivou ao longo dos últimos 8 anos sai reforçada.

    Se depois de meses de investigação o que o Ministério Público tem a apresentar que questione isso, RC pode dormir tranquilo.

    E a Paraíba também.

  • Eu ví gente de CG dizendo que os “desvios” poderiam ter sido repassados para a UEPB.
    Desvio não houve, mas “gordura” deve ter um bocado por lá; Que tal começar a
    “queima”?

  • Engraçado foi ver o japonês apresentador da TV Cabo Branco ( Bruno Sakauê), se referindo a matéria do fantástico como “NOJENTO “. Mas quando o Rodolfinho (herdeiro do grupo canjiquinha) embriagado, atropelou e matou o agente Diogo, ele não se sentiu enjoado.

  • Eu quis dizer direito de resposta para o secretário.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste