As primeiras do dia

Causa estranheza o silêncio de cemitério dos deputados Camila Toscano e Raniery Paulino diante do que aconteceu na Prefeitura de Guarabira. Uma licitação que era realizada na Prefeitura terminou na Polícia, porque empresários denunciaram fraude. Juntou gente, teve confusão, a coisa vazou, mas os deputados continuam num “nem te ligo”, “não é da minha conta”, “nunca estive aqui” que deixa todo mundo e a mulher do Véi Raimundo espantados.

**

Esse negócio de marmita ainda vai dar muito o que falar. Ora se vai!

**

Neste sábado, na Gruta de Antonio Luzia, em Bananeiras, a festa começa às 11 horas e não tem hora pra terminar . O prefeito Douglas Lucena convida para o lançamento do livro “Nos Tempos de Jornal”, do Bonitão aqui que vos fala,

**

Tem gente se fazendo de morta. Tô de olho.

**

Cadê a chuva?

**

Por mim chovia o ano inteiro.

**

E todo mundo andava de caiaque.

**

O meio ambiente ficaria agradecido.

**

Do ainda ministro Bebianno: “Não sou moleque e o presidente sabe disso”.

**

Mas adora uma laranja.

**

Bolsonaro vestiu uma camisa do Palmeiras, botou um abafa banana em cima e anunciou que vamos ter que trabalhar até morrer para, depois de morto, ter direito a uma aposentadoria.

**

E ele, em  2017, dizia que idade mínima de 65 anos era uma absurdo.

**

É um risco n `água.

**

Quem será o da vez na ordem de queimação do Planalto?

**

A fila andou com Bebianno e Julian.

**

Tá ficando uma beleza o memorial de Aloysio e do coronel José Pereira Lima em Princesa. O filho de Aloysio e neto do coronel, José Pereira Lima Neto, está na cidade cuidando do acervo.

**

O Ministério Público precisa ver esse negócio dos ônibus. Uma mulher quebrou o pé por culpa do motorista, que tem que se desdobrar para dirigir, cobrar passagem, passar troco e abrir a porta do ônibus.

**

Ou será que o MP só tem olho pra Cruz Vermelha?

5 Comentário On As primeiras do dia

  • Cadê o procurador Eduardo Varandas, dupla função, dirigir e cobrar, cadê o MPT!!!

  • Essas esculhambação em licitações é a impunidade que impera no Brasil

  • Edmundo dos Santos Costa

    A CAMISA DE BOLSONARO É PIRATA!

  • Dizem que a ala militar mandou o pai-mito afastar o filho metido a pitbul.

    E o Bebiano, pelo menos por enquanto, saiu vitorioso no embate. É aguardar
    prá ver o que fará o 03, à mando, é claro, do 00

    E o Luis Nassif está certissimo: o Bolsonaro não precisa de inimigos,
    já basta os filhos que ele tem.

    Aliás, até o FHC resolveu chamar o 00 às falas, e disse que o JB está exagerando
    na bagunça de começo de governo.

    E o que dizer dos ” trajes presidenciais” usados na reunião (formal) com a equipe que trata da
    tal Reforma da Previdência? Onde já se viu um presidente comandar uma reunião do
    governo usando moleton, camiseta falsificada e chinelão?

    Aí já é até falta de respeito ao cargo que ocupa.

  • É uma falta de respeito a camisa pirata.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste