As primeiras do dia

Meus amigos, a coisa está de pá virada. O presidente veio ao Nordeste inaugurar escola com seu nome, descumprindo a lei que proibe botar nome de gente viva em prédio público, Frota foi expulso do PSL e o PSL diz em nota que Deus o guarde e esqueça onde, a Câmara dos Deputados aprovou no final da noite mais uma medida contra o trabalhador, de repente o povo encheu as ruas em protestos contra o “mito” e no final, entre mortos e feridos, escaparam todos.

**

Aqui na terrinha tudo continua como dantes no quartel de Abrantes.Os deputados dizem amém ao presidente, que chama todos de Paraíba e nega tudo ao Estado, os oficiais de justiça secam os cambitos atrás daquela figura conhecidíssima de todos e nem por isso encontrável, Valber Virgulino briga com Julian Lemos, que por seu turno chama os universitários de maconheiros e depois diz que não disse o que foi publicado “pelos blogs mentirosos”.

**

E tivemos mais um The Voice Brasil na TV Globo, com os jurados virando as cadeirinhas e tecendo elogios aos cantores que não cantam como cantavam Vicente Celestino e Augusto Calheiros, mas que mesmo assim estufam o gogó sonhando com o prêmio gordo do programa e que depois de ganharem o prêmio somem no anonimato pois nem todos são uma Luci Alves da vida, etc etc.

**

No campo da política, começou a baixaria. Você é isso e o outro é aquilo, cada um acarinhando cada qual, os defeitos sendo botados mesmo quando não existem e, quando existem, aumentados escandalosamente, porque o importante não é o verdadeiro amor e sim a esculhambação a ser dada no adversário para ele cair e nunca mais se levantar.

**

O prefeito Ricardo Pereira esteve em João Pessoa tratando de assuntos administrativos com o secretário de educação do Estado.

**

Ah se Lampião voltasse do inferno!

**

Ranieri Paulino está sugerindo exame psicotécnico para quem quiser ser candidato a presidente da República. Será que ele se inspirou em alguém?

**

Matar gente do bofe a gente mata. E quem for podre que se quebre.

**

E se achar ruim, pode chamar a puliça.

**

Vereador Leo Bezerra espera há um ano por uma audiência com o prefeito Luciano Cartaxo.

**

Se esse mal pega…

**

Seria Gutemberg Cardoso o novo trunfo do Sistema Correio?

**

Um passarinho fofoqueiro me disse que sim.

8 Comentário On As primeiras do dia

  • Que tal o Alexandre Frota no PSB?

    • Ele tem afinidades ideológicas com o DEM, PSDB, e demais partidos da direita.
      Em 2022, se for para o PSDB, com o apoio do Dória, e ao que tudo indica do Moro
      (que está virando aliado do Dória, e treinando vôo para o ninho tucano), poderá
      até sair candidato ao senado.

  • Tião, hoje é o aniversário do Governador e tu nem parabenizou o mesmo

  • Eita Tião,
    Aquele padre que nunca foi padre e é metido a Jornalista ou cupicha, anda metendo o pau em RC e Gervásio Maia, pelo que vejo em grupos de política no WhatsApp tá igual ou pior do que aquela turma do baixo clero da comunicação, tipo O CALHORDA Alan Kardec, Anderson Soares, Marcelo José, Thiago Morais e aquela figura indefecavel e incontrável que os oficiais de justiça da PB e SP secam as pernas e não encontram!!!

  • Bolsonaro viola lei inaugurando escola com seu nome

    Por Alex Solnik, para o Jornalistas pela Democracia.

    De acordo com o artigo 1o da Lei 6.454, assinada pelo então presidente Ernesto Geisel e pelo ministro da Justiça Armando Falcão, a 24/10/1977 e reescrita em 2013 “é proibido, em todo o território nacional, atribuir nome de pessoa viva ou que tenha se notabilizado pela defesa ou exploração de mão de obra escrava, em qualquer modalidade, a bem público, de qualquer natureza, pertencente à União ou às pessoas jurídicas da administração indireta”.

    O artigo 2º afirma que “é igualmente vedada a inscrição dos nomes de autoridades ou administradores em placas indicadores de obras ou em veículo de propriedade ou a serviço da Administração Pública direta ou indireta”.

    Segundo o artigo 3º, “as proibições constantes desta Lei são aplicáveis às entidades que, a qualquer título, recebam subvenção ou auxílio dos cofres públicos federais”.

    E o artigo 4º adverte que “a infração ao disposto nesta Lei acarretará aos responsáveis a perda do cargo ou função pública que exercerem, e, no caso do artigo 3º, a suspensão da subvenção ou auxílio”.

    Bolsonaro inaugur nesta quarta-feira (14) uma escola do Sesc – que recebe verbas federais – na cidade de Parnaíba, Piauí chamada “Presidente Jair Messias
    Bolsonaro”.

    A primeira escola militarizada do seu governo.

    Resta saber se será enquadrado no artigo 4º. dessa lei. Mesmo não sendo o responsável direto pelo ato, não se opôs a ele – estimulando a violação da lei – e é o grande beneficiário.

    Além do mais, isso é coisa de ditador.

    (….)

  • NÃO DÁ PARA ESPERAR UM ANO OU DOIS, GUEDES

    Por Helena Chagas

    A semana começou mal para o governo, com a ampla vitória kirchnerista nas primárias argentinas e a divulgação do IBC-Br apontando recuo de 0,13% na atividade econômica do segundo trimestre – tecnicamente, marcando um estado de recessão. A pressão sobre o Planalto vai aumentar exponencialmente, a quase um ano das eleições municipais. Jair Bolsonaro, porém, prefere falar sobre o cocozinho petrificado dos índios e já mostrou sua estratégia: jogar a bola quadrada no colo de Paulo Guedes.

    Assim foi, mais uma vez, ao ser confrontado com a piora da maioria dos indicadores econômicos depois de sua posse: “pergunta pro Guedes”. Perguntaram, e o Guedes, que não faz milagres, respondeu até dentro da lógica, dizendo que o atual governo não pode ser responsabilizado por todos os males da economia.

    Guedes pode estar certo, mas quando entrou no jogo já sabia que não funciona assim. Ao pedir “um ano ou dois” para os indicadores da economia melhorarem, errou. Falou como tecnocrata, mostrando pouca sensibilidade com os milhões que estão na fila do desemprego, inadimplentes em suas dívidas, vendo os já precários serviços de saúde e educação piorarem ainda mais.

    Não dá para esperar um ano ou dois, Guedes. É preciso dar sinais concretos de crescimento aos que foram às urnas no ano passado – e começam a ficar muito assustados com o que fizeram. E também no andar de cima. Passada a euforia inicial do establishment econômico com a aprovação da reforma da Previdência, esses setores voltam à dura – mas óbvia – realidade: a Previdência não é panaceia nem produz resultados no curto prazo. O que os economistas dizem, aliás, é que tem efeitos recessivos num primeiro momento.

    É nesse momento que todos olham para a Argentina. A economia explica o fracasso de Mauricio Macri e da direita no país vizinho – e mostra que as alardeadas receitas recessivas podem dar muito errado. Ainda que a direita de Macri seja do modelito “limpinha e cheirosa”, bem menos radical do que a tosca direita de Bolsonaro, trata-se do mesmo remédio.
    (Fonte: Os Divergentes)

  • HOJE, MAIS UMA VEZm O COCÔ VOLTOU Á FALA DO BOLSONARO.
    SEGUNDO ELE, OS COMUNISTAS E OS CORRUPTOS SÃO O COCÕ DO PAÍS.
    EU IMAGINO QUE ELE NÃO ENTENDE NADA SOBRE O CONCEITO DE COMUNISMO.
    JÁ DE COCÔ , ELE DEVE SER EXPERT.

    A FIXAÇÃO ESCATÓLOGICA DELE DEVE TER UMA EXPLICAÇÃO EM FREUD,
    OU EM LACAN.

  • Tiao estai desinformado a escola não publica cuidado com a feke news

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste