As primeiras do dia | Blog do Tião Lucena

As primeiras do dia

Na Praia Brava, em Itajai, um casal se despiu e começou a fornicar às vistas de todos. Ele sentado na cadeira e ela sentada no seu colo com a cobra vadiando. Quando o guarda apareceu e pediu respeito, os dois acharam ruim e ainda bateram boca, dizendo que o guarda interrompeu na hora do bem bom.

**

Dia desses Marcos Pires flagrou um caso parecido nas areias do Cabo Branco. Só que a moça, em vez de sentada, estava deitada na areia recebendo o brinde.

**

Há dois decretos em vigor e divergentes na Paraíba: o do Governo do Estado e o da Prefeitura de João Pessoa. O do Governo, mais rigoroso, manda fechar mais coisas. O da Prefeitura, mais brando, diz que não é bem assim. Tanto um lado como o outro puxam a brasa pra sua sardinha e garantem ser o seu decreto o que tem força de lei. E o povo no meio da labuta, sem saber a quem seguir.

**

Segundo o vereador Bruno Farias, do partido do governador, vale o do prefeito. Bruno é advogado, mas nesse caso pode estar sendo mais político do que jurista.

**

Vamos aguardar o pronunciamento do contraditório.

**

Os assassinos da moça de Princesa, encontrada enterrada num formigueiro do bairro Jardim Karlota, estão todos presos. De se ressaltar a atuação do delegado Gutemberg Cabral no caso.

**

A moça era neta de finado Pompílio Antas, comerciante da cidade de Princesa e gente muito boa.

**

O Ministério Público encontrou casos de acumulação ilegal de cargos nas seguintes Prefeituras paraibanas:

João Pessoa
Água Branca
Alhandra
Araruna
Alagoa Grande
Alagoinha
Algodão de Jandaíra
Bananeiras
Bayeux
Boqueirão
Cabedelo
Caiçara
Cajazeiras
Campina Grande
Catolé do Rocha
Conceição
Conde
Cuité
Guarabira
Itabaiana
Itaporanga
Jacaraú
Mamanguape
Monteiro
Patos
Pilar
Pedras de Fogo
Pedra Lavrada
Pocinhos
Pombal
Princesa Isabel
Queimadas
Rio Tinto
Santa Luzia
Santa Rita
São Bento
São João do Cariri
São José de Piranhas
Sapé
Serra Redonda
São João do Rio do Peixe
Soledade
Sousa
Sumé
Teixeira
Umbuzeiro

**

Essas adesões de mói só vogam até as zinleições. De buchos cheios, os adesistas correm de volta aos braços dos antigos amores.

**

Filme velho, batido, mas sempre repetido.

**

E o danado é que sempre tem alguém disposto a se enganar.

**

Tipo “me engana, que eu gosto!”

**

E assim caminha a humanidade.

**

Mais vale um na mão do que dois voando.

**

Não se troca o certo pelo duvidoso.

**

E hoje é sexta.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.