Astrid faz campanha para custear tratamento da filha que sofre de depressão

 

A apresentadora paraibana e colunista social Astrid Bakke iniciou uma campanha através de suas redes sociais para custear o tratamento da filha, Ingrid Bakke, que há 20 anos sofre com depressão. A intenção da família é pagar pelo internamento da comunicadora em uma clínica de Natal, Rio Grande do Norte e o valor estimado é de R$ 25 mil.

“Ela feliz é tão linda, tão prestativa, tão jovial, querida… a depressão leva tudo isso embora e ainda adoece quem está por perto: a família”, contou Astrid em seu perfil no Instagram, acrescentando que a filha “chegou ao seu limite”.

Ingrid Bakke é formada em Publicidade e Propaganda pelo Instituto de Educação Superior da Paraíba e tem Pós graduação em Marketing Avançado e Político. Começou sua carreira como programadora musical da Rádio Cidade e já foi, assim como a mãe, apresentadora de TV.

As contribuições podem ser feitas através da conta bancária de Ingrid ou em uma vakinha que foi criada para ajudá-la.

Apresentadora paraibana faz campanha para custear tratamento contra depressão

 

6 Comentário On Astrid faz campanha para custear tratamento da filha que sofre de depressão

  • Tião, a vida nos reserva surpresas desagradáveis. Quem diria que isso poderia acontecer com essa jovem ? Chegou o momento dos verdadeiros amigos, se existem, aparecerem. Vamos colaborar com o pagamento de sua recuperação, mas precisamos saber se essa despesa de R$ 25.000,00 será única ou mensal. Se ela tiver 25 amigos, amanhã quando o banco abrir suas portas o problema estará resolvido. Vou fazer minha parte anonimamente.

  • Espero que a solidariedade se manifeste entre os amigos, seus fãs, e a comunidade de modo geral.
    Essa doença é terrível! É um tormento para quem tem e para todos aqueles que são próximos.
    Que Deus abençoe o seu tratamento, e que ela volte em breve às telinhas.

  • Astrid Bolsonarista agora apela pra pouca solidariedade que restou em tempos de ódio. Depressão é uma grande doença. Me solidarizo com a moça e vou ajudar.

  • Depressão e diabetes são duas doenças que chegam sem aviso. Essa jovem nunca demonstrou, pelo menos nos programas de TV, está acometida de algum distúrbio da sua saúde. Eu tenho um tio, funcionário aposentado do Banco do Brasil que está com depressão. Homem realizado financeiramente, possuidor de alguns imóveis, filhos formados e independentes, mas foi tragado pela depressão. Está em tratamento numa clínica especializada aqui mesmo em João Pessoa. O tratamento realmente é caro e o plano de saúde não cobre as despesas. Por compreender a situação dessa jovem e ter conhecimento da gravidade da doença e ainda entender que ela não tem condições de arcar com as despesas, me solidarizo com a campanha, fazendo minha oferta. Entendo que a quantia de R$ 25.000,00 corresponde a uma temporada de pelo menos seis meses na clínica de Natal. Vamos ajudar, com certeza. Grato pela publicação do meu depoimento.

  • Me ajuda também,estou em depressão profunda e não tenho dinheiro nem pra comprar os medicamentos que ficam em torno de 500,0 reais por mês.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste