Cagepa informa que água de Gramame está dentro dos padrões

Cagepa emite nota sobre vazamento de hidróxido de sódio no Rio Gramame

A Diretoria de Operação e Manutenção da Cagepa esclarece que, desde sábado (11), a água do Rio Gramame se encontra dentro dos padrões permitidos para uso humano e animal.

Logo após o acidente, técnicos da Gerência de Controle de Qualidade da Cagepa passaram a fazer, diariamente, o monitoramento do rio. Os testes mostram que o PH da água está em 6,8 (dentro dos padrões permitidos, que variam de 6 a 9,5).

É importante destacar que a água distribuída pela Cagepa, a partir da Estação de Tratamento de Gramame, em nenhum momento foi afetada com o rompimento do equipamento, descartando, assim, qualquer possibilidade de prejuízos ao consumo humano.

Quanto às informações disseminadas nas redes sociais sobre supostos danos ambientais, a Cagepa esclarece que, tão logo tomou conhecimento do acidente, acionou a Sudema, que prontamente passou a fornecer as orientações necessárias a fim de evitar impactos mais drásticos.

Por fim, a Cagepa informa que já adotou todos procedimentos administrativos necessários para apurar as causas do acidente e responsabilizar a empresa responsável pelo fornecimento do tanque cilíndrico, visto que o equipamento foi adquirido há pouco menos de cinco anos.

Mais informações sobre os serviços executados pela Cagepa podem ser obtidas pelo telefone 115.

PB Agora

2 Comentário On Cagepa informa que água de Gramame está dentro dos padrões

  • Não sei de quem é a culpa, mais faltar água em Jacumã em pleno carnaval, o governo trabalha tanto para consertar as estradas, fazer as entradas das praias, coqueirinho, praia do amor, tabatinga e tantas outras, todas em Jacumã, liguei para Cagepa para saber o problema da falta de água a pessoa que atendeu falor para ligar 1 hora depois, liguei no horário combinado a pessoa que atendeu falou que a água chegaria apos as 12 horas, fui embora as 5 horas da tarde do domingo e a agua não havia chegado, com a palavra a senhora Cagepa, lembrado que muita gente foi embora por causa da falta do precioso liquido.

  • Parabéns aos funcionários profissionais da CAGEPA que prontamente respondem de forma técnica ao ocorrido esclarecendo a população.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste