Cartaxo reconhece que oposição está desunida e lava as mãos quanto à nova data para definição de candidatura


O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), não tentou esconder a sua chateação com a oposição, nesta segunda-feira (5). Depois de ter tido o seu prazo de definição da candidatura do grupo ao governo ignorado, ele disse que a oposição saiu prejudicada e reafirmou que não irá propor uma nova data para resolução.

“Gostaria muito que a gente tivesse chegado ao final de janeiro com o nome da oposição apresentado à sociedade, independente de quem fosse esse nome, mas que houvesse unidade suficiente para que se apresentasse um nome. Infelizmente isso não foi possível, então não discuto mais prazo, estou certo que o diálogo vai existir. Eu digo que a oposição saiu prejudicada, perdeu um ‘time’ importante”, declarou.

Questionado sobre a possibilidade de dois nomes representarem o grupo, Cartaxo rejeitou por completo a ideia e questionou a tão falada união do bloco ao dizer que nem a unidade a oposição conseguiu conquistar ainda.

“Eu não vou discutir essa questão de dois nomes, porque nós temos pregado durante todo o ano de 2017 qual é o melhor caminho, que é a unidade e ter uma definição dentro do prazo que estava sendo estabelecido. Hoje a gente nem conseguiu a unidade ainda, nem fizemos a decisão em relação ao prazo que era o melhor, ao meu ver”, afirmou.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste