Chefe de Imprensa da CMCG diz que seu trabalho para Ivonete é pessoal e feito com “distinção de cargos”

Marcos Maivado Marinho

O fotógrafo Jorge Barbosa, que informa desenvolver de modo paralelo a função oficial de Chefe da Divisão de Imprensa da Câmara Municipal de Campina Grande e a assessoria de comunicação da vereadora Ivonete Ludgério, com “distinção de cargos”, enviou nota ao editor d’APALAVRA onde rebate que tenha feito uso da estrutura da Câmara para divulgação pessoal da pré-candidatura da sua Chefe a presidente do Legislativo local.

Sege na íntegra a nota de Barbnosa:

“Amigo Marcos Marinho,

Ao tempo em que o cumprimento cordialmente, venho por meio deste solicitar um “direito de resposta” à matéria publicada no seu portal (A Palavra Online) com título ofensivo, na qual teve meu nome amplamente citado e minha pessoa como assunto principal. Sabendo da sua conduta jornalística e prezando pelo bom jornalismo e respeitando a ética da profissão, listo aqui alguns esclarecimentos que precisam ser feitos, uma vez que em nenhum momento fui consultado durante a produção da referida reportagem:

1º – O referido release, o qual foi abordado na matéria, não é um release de campanha eleitoral, até porque não estamos nesse momento, nem tampouco um anúncio de pré-candidatura. O release é autoexplicativo, informando de forma ampla e didática que não existe uma pré-candidatura da vereadora Ivonete Ludgério à deputada federal, mas sim um projeto do seu partido, o PSD, que apresentou a proposta de lançar o nome da vereadora na disputa das eleições desse ano. O texto deixa claro que ela ainda não é pré-candidata e o projeto do seu partido ainda não está confirmado.

2º – Como você próprio sabe, e isso não é novidade para ninguém, principalmente no meio jornalístico, além da função oficial de Chefe da Divisão de Imprensa da Câmara Municipal de Campina Grande, eu desenvolvo paralelamente e com distinção de cargos, a função de assessor de comunicação pessoal da vereadora Ivonete Ludgério. Da mesma forma, sem qualquer impedimento, desenvolvo outras atividades jornalísticas, como fotojornalista freelancer para meios de comunicação impresso e virtual, fotógrafo de publicidade para algumas agências da cidade, e assessor de comunicação de projetos diversos. Na condição de assessor pessoal da vereadora, por várias vezes já tive meus serviços solicitados por você (Marcos Marinho), o que confirma que nada disso é novidade e tampouco se configura em ilegalidade, como foi citado na referida matéria.

3º – O referido release foi produzido pela equipe da assessoria de comunicação da vereadora e dessa forma assinado. Os releases institucionais produzidos pela equipe da assessoria de comunicação da Câmara Municipal de Campina Grande são assinados e oriundos da “Divisão de Imprensa e Relações Públicas”. Tais releases institucionais são divulgados e distribuídos para a imprensa em horário de atividade da referida Divisão, pelo endereço de e-mail oficial da Divisão (plenarioemfoco@gmail.com). Já o referido release, ao qual foi abordado pelo portal A Palavra Online, foi produzido e assinado pela assessoria particular da vereadora, como você próprio mostrou com prints na sua reportagem, e distribuído pelo e-mail oficial da equipe de assessoria da vereadora (assessoria.gil@gmail.com).

4º – Utilizo grupos de WhatsApp, principalmente aqueles que reúnem membros da imprensa campinense, para divulgar as produções das assessorias das quais faço parte. Em nenhum momento participo de polêmicas ou tampouco entro em discussões ou trato mal qualquer membro de tais grupos, diferentemente do que foi divulgado pelo seu portal (A Palavra Online). Sobre as mensagens informais trocadas após a divulgação do release no grupo “Imprensa Campinense”, em nenhum momento foi dito nada com agressividade, como foi divulgado. Tampouco conheço o cidadão que fez o questionamento, a não ser o fato de que ele é um grande apreciador do meu trabalho como jornalista e fotógrafo.

Sem mais, agradeço antecipadamente a publicação do direito de resposta, utilizando do mesmo espaço e ocupando o mesmo destaque na página inicial onde a referida matéria foi publicada.

Abraços fraternos,

Jorge Barbosa

Jornalista e Fotógrafo

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste