Como irritar o namorado.

Marcos Pires

Tenho uma amiga querida que é cruzeta, viu? Dessas que vivem para infernizar a vida das noras. Reclama bem alto das filas na padaria, adora voltar ao supermercado para trocar uma única maçã estragada que estava naquele saco que contem 30 pequenas maçãs e custou seis reais… enfim, é A chata. Mas é minha amiga. Está passando uma fase difícil porque o atual namorado não quer casar, muito embora ela conserve no freezer da sua cozinha uma imagem de Santo Antônio de cabeça pra baixo. Talvez por isso viva pesquisando maneiras de fazer raiva a ele.     Uma forma básica é atender o celular na frente do namorado e afastar-se logo depois para continuar a conversa. Outra situação é ficar sempre próxima do melhor amigo dele com conversas só dos dois.

Roupa. Roupa é pule de dez. Ela coloca uma roupa mais apertada, sexy, e o namorado imediatamente passa a reparar no que ela está vestindo e com certeza reclamando, né? Outra sacada infalível é elogiar o ex. Nada demais, basta dizer que ele está se dando tão bem nos negócios que até propôs aumentar a pensão que lhe dá espontaneamente. Essa é venenosa.

Quer ver um cara com ciúmes? A namorada diz a ele que depois do show vai com as amigas ao camarim fazer uma visita ao cantor. Claro que o cantor não está nem aí para ela, mas na cabeça do rapaz que ficou do lado de fora do convite, muita coisa vai crescer.

Tem troços que irritam mais do que o ciúme, como algumas frases do tipo: “- Sua mãe está sempre dando palpites, né?” ou “- Vamos ter que almoçar mais uma vez na casa dos seus pais?”. Querem ver um descontrole? É tratar de dinheiro com um viés critico, como por exemplo: “- Não acredito que você gastou dinheiro com isso. Com você seu dinheiro pode ser gasto, né? Já comigo…aliás, seu dinheiro é sempre SEU dinheiro, já o meu dinheiro é NOSSO dinheiro”. Nesse particular, se o namorado comprar uma casa para no futuro irem morar juntos e pagar todo o preço, mas deixar que ela pague apenas a fechadura da porta que ELA quis modificar, para sempre a namorada dirá que os dois compraram a casa.

Uma única vez um amigo me surpreendeu. Estávamos na sala da casa dele tomando um uísque enquanto esperávamos sua esposa para irmos a um restaurante. Quando finalmente ela veio lá da suíte, resplandecente, ele fulminou: “- Vai sair assim?”.

Foi caco de briga pra todo lado.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste