Dirigente de Associação dos Agentes Penitenciários tenta manobrar politicamente a categoria

A reunião que a Associação dos Agentes Penitenciários do Estado da Paraíba (AGEPEN-PB) e o Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado da Paraíba (SINDASP-PB) realizaram na manhã desta terça-feira (9) em João Pessoa, teve cunho político.

O presidente da Associação dos Agentes Penitenciários, Marcelo Gervásio, abriu a reunião rasgando elogios a Cássio Cunha Lima e levou para o evento, que teve a participação de poucos agentes, a suplente de deputada estadual Eliza Virgínia, parlamentar que faz oposição ao Governo do Estado. As fotos comprovam a participação da deputada Eliza Virgínia, que nada entende de cadeia ou presídio e estava ali, dizem alguns observadores, possivelmente visando uns votinhos no pleito desse ano.

Quem também tem tentado incitar a categoria, querendo greve, é o “Locutor Selva”, um agente penitenciário que foi exonerado da direção do Presídio Padrão de Santa Rita porque não cumpria com suas obrigações, vivia mais em Recife fazendo trabalho de locução partidária, sua real profissão na capital pernambucana, onde nasceu e se criou. Conforme informações da Secretaria da Administração Penitenciária, o citado diretor “mal sabia onde ficava a penitenciária, por isso perdeu o cargo.”

O governador Ricardo Coutinho tem sido justo no tratamento dispensado aos agentes de segurança pública do Estado. Nos últimos sete anos têm ocorrido investimentos jamais vistos em benefícios deste setor. E como resultado, mais uma vez, pelo sexto ano consecutivo, cai o número de assassinatos.

O Governo tem dado a atenção necessária aos valorosos Agentes de Segurança Penitenciária. O Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) está em fase final de elaboração pelo coordenador da Gerência do Sistema Penitenciário (GESIPE), João Paulo. Em seguida será apresentado ao governador Ricardo Coutinho que o encaminhará para apreciação e votação na Assembleia Legislativa, no início dos trabalhos legislativos.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), também está inserida no Prêmio Paraíba Unida pela Paz, um programa que tem reduzido os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). No ano passado 1.514 Agentes Penitenciários receberam recursos do Prêmio.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste