Empresário se mata na frente do governador

O empresário do setor de cerâmicas, Sadir Gitz, tirou a própria vida durante evento realizado pelo governo de Sergipe, na manhã desta quinta-feira. O ‘Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural em Sergipe’ aconteceu no Radisson Hotel, na Orla de Atalaia, em Aracaju. O ministro Bento Costa Lima, de Minas e Energia, e deputados também estavam presentes.

Na abertura do evento, durante a fala do governador do estado, Belivaldo Chagas, o empresário levantou-se e gritou: ‘Belivaldo, você é mentiroso’. Após a exaltação, fez um disparo com arma de fogo contra si.

O evento foi encerrado imediatamente. Em nota, o governo do estado de Sergipe lamentou o ocorrido com o empresário.

Segundo informações locais, Sadir passava por depressão nos últimos meses por causa da falência da Cerâmica Escurial Revestimentos Cerâmicos.

Confira a nota do governo de SE na íntegra

O Governo do Estado de Sergipe lamenta o ocorrido com o empresário Sadi Gitz, da cerâmica Escurial, que cometeu suicídio durante o evento. Por conta do ocorrido, o Simpósio de Oportunidades para o novo cenário do gás natural em Sergipe está cancelado.

1 Comentário On Empresário se mata na frente do governador

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste