Estrangulou a namorada e foi dormir

Gizely Medeiros
   

O namorado da jovem Gizely Medeiros, de 24 anos, confessou que a matou por esganadura, na madrugada dessa terça-feira (25), no bairro do Roger, em João Pessoa, e que, logo em seguida, dormiu. A confissão foi gravada em vídeo pela Polícia Civil. Assista mais abaixo.

Lucas Pereira Cavalcanti foi preso em Cruz das Armas, algumas horas depois que o corpo de Gizely foi encontrado. Ele tentou negar o crime e só se apresentou como responsável pela morte da namorada depois de a perícia concluir que Gizely havia sido assassinada por asfixia.

Na confissão, Lucas diz que havia consumido bebidas alcoólicas e cocaína. O suspeito alega que a vítima também usou as substâncias. Conforme a versão de Lucas, o casal teve uma discussão por volta das 23h, quando Gizely encontrou mensagens no celular dele que a fizeram suspeitar de uma traição.

“Fui dormir para evitar mais briga e ela continuou bebendo com as amigas dela. Quando foi de madrugada, ela me acordou e veio para cima de mim, querendo dar em mim. Afastei ela e ela ficou ‘emborcada’, aí só fiz segurar o pescoço dela”, contou o suspeito, que diz não se lembrar por quanto tempo pressionou o rosto da namorada contra o colchão.

“Aí ela apagou e mesmo assim tu voltasse a dormir?”, questiona o delegado. “Foi”, confirma Lucas, alegando não ter percebido que Gizely estava morta.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste