Lixo que sumiu da Lagoa pode ter reaparecido nas ruas de João Pessoa

Meus amigos, minhas amigas e minhas fanzocas, eu não lhes conto !

Saí de casa hoje de manhã, depois de uma repousante noite em que sonhei que morava em Veneza e andava de barco para cima e para baixo, e sabem o que encontrei pela frente? Lixo, muito lixo, a cidade invadida pelo lixo.

A começar pela frente da minha casa.

Os tambores distantes e não os tão distantes assim, cheios de entupir. E lixo fedorento, podre, de dias.

Olhei pra baixo e vi lixo.

Olhei de banda, mais lixo.

Olhei pra cima, lixo em banda de lata.

Embarquei para Jaguaribe e novamente a visão estarrecedora: lixo, lixo, lixo.

Estaria mesmo em João Pessoa ou fora transportado pelos ETS de Carlos Aranha para alguma galáxia distante habitada por tambores cheios de detritos?

Não fora raptado por extra-terrestres, infelizmente. Continuava aqui mesmo, na antiga Cidade das Acácias, na saudosa segunda Cidade Mais Verde do Mundo, numa imensa lixeira, num lixaral sem fim, num submundo de imundicíes.

O que me faz pensar que o famoso lixo que teria sumido da Lagoa, pode ter reaparecido nas ruas de João Pessoa.

1 Comentário On Lixo que sumiu da Lagoa pode ter reaparecido nas ruas de João Pessoa

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste