Namorada de senador ganha emprego no Senado e nem bem entrou, já recebeu aumento

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou  que foi ele quem autorizou a contratação da agora consultora legislativa Brunella Poltronier Miguez pela diretoria-geral da Casa. Segundo o democrata, o senador Marcos do Val (Cidadania-ES) o procurou pedindo uma vaga para a advogada como uma “indicação política” do seu partido. No entanto, Alcolumbre garante que não foi avisado da relação amorosa entre o parlamentar e Brunella.

No entanto, 20 dias depois ela foi recontratada pelo Senado e ganhou um aumento. Atualmente, ela recebe exatos $ 10.805,49. Antes de conhecer Do Val, porém, a advogada trabalhava no Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem-ES), com um salário de R$ 2.300

4 Comentário On Namorada de senador ganha emprego no Senado e nem bem entrou, já recebeu aumento

  • Namorada Chapa Branca. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Essa é a nova política. Só que não…

  • E o povo pagando salário para namorada de senador, eita povo corrupto

  • Bandidagem, inchaço da máquina pública com vagabundo é permitido. Desde que esses vagabundos sejam da socialite. Tiraram o Joaquim Levi, ministro de direita, mas de reputação ilibada, pra colocar um moleque playboy mimado. Bolsonaro estava procurando um pretexto barato pra colocar alguém pra roubar e sucatear o banco!! Acabou a farra!! Era o lema de campanha! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste