Novo ‘destrambelho” de Ivonete leva Chefe de Imprensa da CMCG a cometer crime e ser censurado por colegas em grupo de ZAP

Marcos Maivado Marinho

Atrapalhada em tudo que faz e patinando outra vez em ilegalidades, o pré-anúncio de Ivonete Ludgério de que pretende disputar o cargo de deputada federal este ano, para fortalecer o PSD que ficou órfão do seu campeão de votos Rômulo Gouveia, feito durante entrevista na rádio Panorâmica FM, acabou ontem colocando em situação difícil o chefe da Divisão de Imprensa da Câmara Municipal de Campina Grande, fotógrafo Jorge Barbosa.

Autorizado pela Chefe o servidor preparou consubstanciado ‘release’ narrando as pretensões da presidente do Legislativo campinense, mas acabou incorrendo em crime eleitoral e funcional ao identificar a peça com as digitais do Poder.

Enviado às redações e postado em grupo de wattzap do Legislativo, integrado por jornalistas e vereadores, a peça redigida por Jorge logo recebeu a desaprovação dos integrantes e um deles, o ético jornalista Vanildo Silva que já exerceu anteriormente o mesmo cargo do fotógrafo, alertou o colega para a escorregada. “Assessoria de imprensa da Câmara a serviço de uma candidatura?”, indagou.

 

Jorge, conhecido pelo temperamento comedido, incorporou o estilo “cangaço” da presidente e destemperou-se contra Vanildo justificando estar correto. “Assessoria da vereadora!”, rebateu.
Vanildo foi à réplica e o advertiu: “O texto-release é claro: cita o Gabinete da Presidente. É ilegal. Grave”. Jorge, então, ironizou o colega: “kkkkkkkk. Infelizmente não sei desenhar. Boa Noite”, encerrou a conversa.

Mais tarde, Vanildo Silva postou novo texto no grupo de ZAP: “O colega precisa se desligar do cargo em comissão da Câmara de Campina para se dedicar à campanha da pré-candidata. Do contrário, estará utilizando a estrutura da Divisão de Imprensa do Legislativo campinense a serviço de uma candidatura. Isso é ultraje à Justiça Eleitoral… E gera notícia negativa. É só uma advertência. Não é preciso saber desenhar, pois o seu rascunho, mesmo borrado, sem muito esforço é possível de compreensão”.

A CANDIDATURA
No “release” de Jorge Barbosa ele explica que a provável candidatura da Chefe nasce da “necessidade do partido e não altera em nada os acordos e alianças firmados pelo esposo da mesma e pré-candidato a deputado estadual, Manuel Ludgério”.
Na entrevista da Panorâmica Ivonete explica que com a morte de Rômulo e a desistência de Eva Gouveia em se candidatar “ficamos sem um nome forte nessa disputa”, daí a sua opção. Ela explicou que o foco da campanha será apenas Campina Grande, “para não atrapalhar os tratos e acertos que Manuel já tem em outros Municípios”.
Já em ritmo de trabalho, Ivonete avisou ao jornalista: “Não seria uma candidatura para chamar de ‘minha’, mas do povo campinense, das mulheres e para fortalecer o PSD”.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste