Paulinha, a deputada colírio

Claro que se eu morasse em Santa Catarina, votaria em Paulinha, a deputada federal do PDT que tomou posse de vermelho.

E só não digo que votaria de olhos fechados, porque não seria bobo de fechar os olhos e perder uma paisagem dessas.

Um verdadeiro colosso!

Uma obra prima da natureza.

A propósito, veja o que Miguezim de Princesa escreveu:

Tem um ditado, seu moço,

que eu acho muito perfeito

Que é aquele que diz

que pra tudo é preciso peito

Pra escrever poesia

Pra começar o estudo

Pro vaqueiro entrar no mato

Topando espinho agudo

Pra gente namorar

Pra pedir moça e casar

É preciso ser peitudo

Pro homem ser candidato

A deputado, prefeito

Pra ele falar ao povo

É necessário ter peito

Senão ninguém acredita

E a moça, pra ser bonita

Também precisa ter… jeito

Do jeito que está a época

Com a concorrência acirrada

Se o homem não tiver peito

Nunca vai conseguir nada

O Brasil perdeu a copa

Um argumento eu aceito

Não foi por falta de classe

Mas foi por falta de peito

Um dia participei

De uma competição

Ali seria julgada

A melhor declamação

Declamei até direito

Mas como não tive peito

Foi uma decepção

Pois uma moça também

Concorria do meu lado

Ela com um vestido longo

E muito bem decotado

Foi aí que me faltou peito

Perdi a competição

E a moça, com muito peito

Conquistou a comissão

Composta só de marmanjos

Nunca vi um homem anjo

Por isso lhes dei razão

A moça foi aplaudida

Eu fiquei muito sem jeito

Um senhor me olhou e disse:

“Você declamou direito

Tem bom gesto, boa voz

No entanto, aqui pra nós

A moça teve mais peito”

9 Comentário On Paulinha, a deputada colírio

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste