PF prende ex-prefeito de Imaculada e o filho por desvio de 600 mil reais

Patos (PB) – A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã deste sábado (23), a operação CAPTURA, cujo objetivo era localizar e prender o ex-prefeito de Imaculada, José Ribamar da Silva e o seu filho André Diogo Firmino.

José Ribamar da Silva e o seu filho André Diogo Firmino, ex-tesoureiro da mesma municipalidade, foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de R$ 606.091,03 de recursos públicos em benefício próprio.

Os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da prefeitura.

Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

Os presos serão encaminhados, ainda hoje, ao sistema penitenciário. (Parlamentopb)

2 Comentário On PF prende ex-prefeito de Imaculada e o filho por desvio de 600 mil reais

  • Infelizmente no Brasil não existe penalidade pra vigarista rico. Vide a ex prefeita do Conde, que vendia terrenos já vendidos. Está soltíssima. É não será condenada. O processo tomará um volume enorme, e seus advogados postergarão até prescrever!! Mas, se o político for do bem, é condenado sem provas e em tempo recorde.

  • E Dominguinhos continua solto,e até lançando livros.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste