Porque hoje é sábado | Blog do Tião Lucena

Porque hoje é sábado

1 – Eu gosto de Juliete, torço por Juliete, quero ver Juliete como vencedora do BBB, ela merece, é bonita, inteligente e paraibana. Mas tem gente fazendo média com Juliete, gente querendo faturar em cima de Juliete, gente que nunca viu Juliete na vida, fazendo média com Juliete. E isso é feio, muito feio, feiíssimo.

2 – Zé Leite, policial civil aposentado de Campina Grande, sempre fez questão de valer-se da sua autoridade para mostrar força e prestígio. Por exemplo: só guiava o seu carro na contramão, dizendo que por ser policial podia fazer isso.

 Fez uma viagem a São Paulo – a primeira – e ao descer na rodoviária, de maleta na mão e um enorme 38 na cintura, com o cabo aparecendo, foi abordado pelos PMS que, de chofre, avisaram:

 -Polícia!

 Fazendo ar de riso e arrancando do bolso sua carteira de policial aposentado, Zé Leite também avisou:

 -Empatemo!

3 – A TV Assembléia exibe hoje, em dois horários (11 hs e 19 hs), um documentário sobre Dom Marcelo Carvalheira. Imperdível.

4 –    Hobel (leia-se Rôbel) e Zwiker (leia-se Suiker) eram candidatos a prefeito de Trombudo Central, plena colônia alemã de Santa Catarina. Foram fazer o último comício juntos, no mesmo palanque. Zwiker falou primeiro:

     – Eu e Hobel chegamos aqui juntos, abrimos a floresta, casamos, criamos nossos filhos, ajudamos a construir Trombudo Central. Eu e Hobel somos iguais. Mas quem deve ser o prefeito sou eu, porque eu tenho mais qualidades morais. Hobel tem duas mulheres. Uma aqui em Trombudo Central e outra em Rio do Sul. 

      Hobel foi para o microfone:

      – Tudo o que Zwiker disse é verdade. Eu e Zwiker chegamos aqui juntos, abrimos a floresta, casamos, criamos nossos filhos, ajudamos a construir Trombudo Central. Eu, de fato, tenho duas mulheres. Uma aqui em Trombudo Central e outra em Rio do Sul. A daqui sabe da de lá e a de lá sabe da daqui. Mas eu não acho que Zwiker deve ser o prefeito por ter mais qualidades morais do que eu. Eu tenho duas mulheres, é verdade. Mas a mulher de Zwiker tem dois maridos.

      Ganhou Hobel.

5 – O “Trem das Onze” que Fernando Caldeira apresenta aos domingos pelas ondas da Rádio Piranhas de Cajazeiras, vai ter como entrevistado no dia 16 do corrente mês de maio o ex-governador Ricardo Coutinho. A audiência com  certeza vai bombar.

6 – A funcionária do Bolsa Família foi cadastrar os agricultores de Lagoa de São João e ao chegar na casa de João de Lelé começou seu trabalho de pergunta e resposta sentada na única cadeira existente na casa. João, como não tinha onde sentar, acocorou-se na frente da moça e, estando a calça dele rasgada, pelo rasgão escapuliram os dois ovos do anfitrião.

 – Pai, se ajeite que seus testículos estão de fora -, avisou o filho pequeno de João.

 A funcionária, admirada, exclamou:

 – Parabéns, Seu João. Mesmo com fome, o senhor ensinou seu filho a falar corretamente.

 – Foi precisão, dona. Se eu dissesse que o nome disso é ovo ele arrancava para comer estralado.

7 – Ontem foi comemorado o aniversário de 73 anos do grande, imenso, enorme amigo Marcos Holmes Madruga, meu colega procurador do Estado, homem digno, decente e ético. Amanhã, nas Domingueiras, falo mais.

8 – Hospedado no Hotel Manaíra, em João Pessoa, o prefeito Zuza Brito, de Bom Jesus, aproximou-se da piscina e vendo a água azul perguntou se os donos do hotel botavam tinta para ela ficar com aquela tonalidade.

 O garçom explicou que a cor da água se devia aos azulejos colocados na piscina.

 Zuza botou a mão no queixo, pensou, pensou e concluiu:

 – Quando eu chegar em Bom Jesus vou mandar fazer uma piscina em casa, mas em lugar de azulejos vou colocar vermelejos.”

9 – A Arapuan está dando de cambão na Correio, graças a dupla Samuka Duarte e Diego Lima.

10 – Durante sua estada em Brasília, o prefeito Chico de Dezinho passou por uma loja de eletrodomésticos e indagou ao vendedor se tinha TV em preto e branco.

 – Aqui, cavalheiro, só temos televisores em cores -, desculpou-se o vendedor.

 – Então embrulha um azul -, mandou o prefeito.

11 – E agora lá se vão meus abraços sabadais para Ademar Teotonio Filho, Chico Franca, Fábio Mozart, Sérgio de Castro Pinto, Francisco Ferreira, Coimbra Maia, Agamenon da PGE, Ricardo Lucena, Venancio Viana de Medeiros Filho, Richomer Barros,  Josinato Gomes, Durval Lira, Odon Bezerra,  Quinto de Santa Rita, Elias Nascimento, Neno de Lero, Sandra Coutinho,  Ana Paula da Tabajara e Jadir Camargo.

12 – Antes de ser deputado, Chico Lopes foi destacado líder do Sindicato dos Professores. No tempo de solteiro, viajava o Estado inteiro promovendo greves.  Certo fim de tarde, aportou em Nova Olinda e procurou uma hospedaria para passar a noite. Encontrou uma, de ponta de rua. A dona, já beirando os 50 bem vividos, se ofereceu a Chico para alguma coisa extra além da dormida. Carente, o hóspede aceitou.

 No dia seguinte, todo feliz, pagou a conta e puxou uma nota de cinco para gratificar  a mulher.

 – Tá muito, moço, basta dar dois -, sugeriu a mulher. E Chico:

 – A senhora merece até mais. Esta foi a primeira vez que um chibiu passou a noite inteira pronunciando meu nome: “Chicolope, chicolope, chicolope…”

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.