Prefeito é acusado de vender Prefeitura ao vice e sumir da cidade, deixando os servidores sem salário

A cidade paraibana de Desterro está sem prefeito desde o dia 31 de dezembro. Aliás, esteve desde quando o prefeito Dilson de Almeida tomou posse e, alegando problema de saúde, tirou licença e passou a Prefeitura para o vice, seu primo e financiador de campanha Valtércio de Almeida. Forçado pela Câmara a assumir a Prefeitura sob pena de cassação do mandato, o prefeito se ausentou da cidade, sequer fez a atualização do autógrafo no Banco do Brasil e com isso Desterro ficou desterrada, com os funcionários da Prefeitura sem receber há dois meses e os fornecedores idem.

O presidente da Câmara Municipal, Vamberto Leite, afirmou que o prefeito negociou o mandato com o vice. Como o eleito não tinha dinheiro, o vice, que é seu primo, financiou a campanha e, como pagamento, o prefeito se afastou para que o vice governasse o município.

O interessante é que nem o prefeito sumido, tampouco o vice,  moram em Desterro. O prefeito tem endereço na cidade pernambucana de São José do Egito e o vice em Campina Grande.

O prefeito tirou uma licença de seis meses logo após a posse. Terminado o primeiro período, pediu mais seis meses, ora alegando doença do coração, ora de outro órgão do corpo humano, até que a Câmara decidiu acabar com a farra e convocar o “doente” para assumir de fato e de direito a Prefeitura, sob pena de cassação. O prefeito foi lá, assumiu e sumiu, deixando o comércio e os fornecedores sem receber um real.

Durante inspeção do Tribunal de Contas na Prefeitura, os auditores decidiram que o prefeito fosse submetido a perícia médica do INSS para que o Instituto emitisse um laudo sobre a saúde do dito cujo, porém a determinação não foi obedecida.

7 Comentário On Prefeito é acusado de vender Prefeitura ao vice e sumir da cidade, deixando os servidores sem salário

  • Esse homem está louco

  • Pense num povo q nao aceita a derrota kkk só li mentira

  • Boa noite, nobre Jornalista procure a verdade dos fatos primeiro não vá só escutando lorotas e postando. Primeiro o Prefeito eleito está com documentos que comprovam sua doença. Segundo essa história é fantasiosa, “como o eleito não tinha dinheiro” avalia a vida empresarial vc vai se surpreender. Por isso que o BRASIL 🇧🇷 não melhora. Avalia tb a situação da cidade de Desterro

    • Bruno, não ouvi o prefeito porque ele estava fora da cidade. Mas se você tiver acesso a ele, avise que o blog está à disposição para publicar o que ele achar que deve ser publicado como resposta a matéria que foi fornecida ao blog pelo presidente da Câmara. Se você ler direito,verá que a matéria tem fonte e, consequentemente, autor.

  • Tião de Princesa,
    Sou da região e conheço o prefeito e o vice, nessa historia o mais rico é prefeito, não procede o motivo de não ter dinheiro para assumir o mandato pois quem deve ter dinheiro é “MUDA (A Prefeitura)” , levando em conta que o prefeito de direito foi eleito duas vezes anteriormente, agora que tem algo errado tem,vale lembrar que os atuais gestores ganharam a eleição da irmão desse vereador da foto em tela, que por sinal são primos, cobra engolindo cobra, MAIS QUE TEM ALGO ERRADO , ISSO TEM!!!

  • É uma vergonha para essa pequena cidade do interior da Paraíba, era para fazer uma boa administração, pois faz muitos anos que eu conheço Desterro e a mesma não muda nada, não cresce, não se desenvolve… Culpa desses moídos políticos.

  • Primeiro essa reportagem de Tião Lucena está totalmente certo, não adianta tampa o Sol com a peneira, o presidente vanberto leite está totalmente certo tem que fiscalizar coisas erradas desse governo que enfilismente eu ajudei nas unhas pra colocar na administração , eu juro meu voto foi perdido , parabéns jornalista Tião Lucena pelo seu grande trabalho e sua grande capacitação de um grande jornalista que vc é .

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste