Raissa é barrada no camarote de Cartaxo e se consola nos braços de Maranhão

Não foi apenas a negativa de uma simples pulseira que chocou tanto, mas a negativa a uma dama, uma vereadora aliada, que mata e morre pelo prefeito. Falo da barração à vereadora Raissa Lacerda, ontem, no camarote do prefeito Luciano Cartaxo. A vereadora ligou para o irmão gêmeo do prefeito, Lucélio Cartaxo, pedindo uma pulseira para ter acesso ao camarote e Lucélio, secamente, respondeu:

-Vereador nenhum terá direito a pulseira para ter acesso ao camarote.

Ou seja, vereador só serve para votar as matérias do prefeito, mas não serve para dançar frevo ou balançar os quartos ao som de um bom merengue no camarote oficial.

Ainda bem que a vereadora encontrou outro camarote para brincar. E brincar ao lado logo de quem? De quem? De quem?

De Zé Maranhão, que desde ontem é o calo seco do prefeito Luciano Cartaxo.

3 Comentário On Raissa é barrada no camarote de Cartaxo e se consola nos braços de Maranhão

  • Cartaxo nunca foi boa companhia pra nenhum aliado, pois pra ele os únicos que são importantes são os que tão envolvidos no escândalo da Lagoa, Operação IRERÊS. Se ele não tratar bem, terá delação premiada.

  • O mandato dessa vereadora na nossa cidade e somente para empregar eleitores na prefeitura e querer aparecer! Só isso.

  • A dupla luciano/lucélio vai levar o que merece. Quem abandona o PT (seu partido de origem , que sempre lutou a favor da dupla) e cais nos braços do CORRUPTO e GOLPISTA cunha lima e quadrilha, merece tudo de ruim. Infelizmente já votei na dupla. Mas agora, nunca mais…

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste