Só acredito vendo

Vocês notaram uma coisa? Se não notaram vou dizer: um monte de gente fica dizendo umas coisas sobre duas pessoas e essas duas pessoas nada dizem.

Trocando em miúdos: a turma do arrêgo apregoa anuncia o rompimento de Ricardo Coutinho com João Azevedo, mas os dois não falam, não se bolem, nem se mexem.

Claro, há um exército querendo a separação dos dois.

Seria o coroar de um sonho acalentado durante anos por quem perdeu a boquinha e ainda não se acostumou.

E também por quem mudou de boquinha, mas continua com a outra boquinha atrelada ao seu passado de mistérios insondáveis.

Sem contar com os que anseiam pela boquinha.

Eu, que sou macaco velho, de carnavais antigos e aleluias ancestrais, prefiro aguardar.

Aguardo, calado e silencioso, direto do meu palanque sem brilho e sem som, crence naquele adágio do meu finado tio Severino Cazuzão: “Quem muito fala, termina falando merda.”

Até porque, nem João, nem Ricardo, nem Ricardo, nem João, disseram que sim, nem que não.

3 Comentário On Só acredito vendo

  • Tião isto está parecendo a santa ceia , o Judas eu sei quem é , mas quem seria o Pedro nesta ceia, que anda negando a Ricardo, o Judas e aquele que era dos amarelos ,se transformou laranja, brigou com Ricardo, mas mesmo assim Ricardo o pôs debaixo da asa, e agora q Ricardo não é mais governador, ele o trai e tenta afastar Ricardo de João , o mago devia ter lido esta frase , nunca ajude um lascado sem saber porque o mesmo está lascado , pois ele pode tá lascado de tanto lascar os outros e pode acabar lhe lascando.

  • Infelizmente, Tião, dar-se-á o rompimento mais ou mais tarde. Tudo aponta para tal. Pena que as IDEIAS do Mago, não são as mesmas ideias dos seus (afastados) próximos.

  • Seria um tal de Barbosa?

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste