Tentar politizar julgamento do TRE-PB, é mais uma tentativa frustrada dos maus perdedores. Repito: a oposição da PB é medíocre.

Por: Aldo Ribeiro

Eleições 2014. Mais de 111 mil votos de diferença. Quebra de paradigmas. Ricardo venceu em 117 dos 223 municípios do estado. Dos 10 maiores municípios, o socialista venceu em oito. Essas oito cidades, são referências em suas respectivas regiões. Naturalmente formadoras de opinião, e menos suscetíveis aos cantos e encantos da velha política.

Ricardo Coutinho não venceu apenas uma eleição. Ele quebrou toda uma lógica viciada de poder. Sobrenomes. Oligarquias. Décadas e mais décadas de um povo subjugado. Destinado apenas a sobreviver, jamais sonhar.

E olha que ironia do destino, o Empreender-PB é, na sua essência, uma espécie de portal dos sonhos. Sonhos do pequeno comerciante, do artesão, da cooperativa, dos que bravamente querem levar cultura pra quem não tem acesso, do jovem cheio de boas ideias, da mulher chefe de família.

Quanta mediocridade. Quanta falta de imaginação. Anos e mais anos, e ainda não entenderam que o confronto na base do simplismo acusatório já não surte efeito. Que a humilde arrogância hoje tem um lençol curto e fácil de desmascarar. Não entenderam que se não buscarem uma oposição no campo das ideias, continuarão perdendo.

Me respondam se possível. Quando em alguma época da nossa história tivemos nesse estado, políticas públicas e verdadeiramente efetivas, voltadas pra quem sempre esteve à margem da sociedade?

O Empreender é política pública. O PRIMA é política pública. O Pacto Social é política pública. O Orçamento Democrático é política pública. O PB unida pela paz é política pública. O Cidade Madura é política pública. Aliás, um projeto pioneiro e premiado no Brasil.

O Gira Mundo meus caros, é política pública. Eu conheço jovens que moram numa cidadezinha de 12 mil habitantes, minha amada Serra Branca, e que tiveram a oportunidade de fazer intercâmbio no Canadá. Vocês tem ideia do que significa isso pra um adolescente que mora numa cidadezinha esquecida, fincada no Cariri da Paraíba? Há um tempo atrás, isso era surreal. Absurdo. Impensável. Pois bem, sinto muito em dizer-lhes, mas o Gira Mundo funciona. O jovem estudante do ensino público da PB, faz intercâmbio “nos estrangeiro.”

Todos os projetos citados acima, não foram criados do nada faltando três meses para o processo eleitoral. Foram gestados, planejados pra durar e mudar a vida das pessoas. Essa é a verdade que a envelhecida oposição, e digo envelhecida no sentido de ideias, não consegue enxergar.

Tentar criminalizar o Empreender-PB, é uma tentativa vergonhosa e constrangedora de tomar o poder à fórceps. Respeitem o processo democrático. Respeitem a vontade do povo. Se reciclem pra que o jogo seja jogado no campo das ideias. Das boas ideias. Republicanas e cidadãs.

2 Comentário On Tentar politizar julgamento do TRE-PB, é mais uma tentativa frustrada dos maus perdedores. Repito: a oposição da PB é medíocre.

  • Tião, Prata tem em torno de 5.000 habitantes e está com 02 alunos selecionados para fazer intercâmbio no Canadá, só um governo sério é capaz de fazer isso!

  • Tião, o que empobrece uma sociedade é justamente a falta do conhecimento de algo que eles mesmas querem discutir. O empreender é algo que se a justiça fosse séria, não tinha nem recebido essa denúncia frajutas e sem nenhuma verdade.
    Fiquei alegre quando vc falou so re o Gira mundo. A minha esposa é professora de lingua estrangeira espanhola na E C I Adilina de sousa Diniz na cidade de DIAMANTE – PB , e com muita alegria, este ano, uma aluna desta escola acima citada foi aprovada na seleção para ir fazer intercâmbio na Colômbia…isso é algo de muitas felicidades,tanto para a escolo,para á aluna e seus familiares e também, para a comunidade local.
    Quando os que gostam do atraso aprender discernir sobre isso,talvez eles possa aprender dar valor.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste