Vixi, como tinha Xandu!

Quem conhece as boas músicas de Luiz Gonzaga, certamente sabe quem é Xanduzinha, aquela que amoleceu o coração do Caboclo Marcolino.

Diz a música que:

“Caboclo Marcolino

Tinha oito boi zebu

Uma casa com varanda

Dando pro norte e pro sul

O paiol tava cheinho

De feijão e de andu

Marcolino dava tudo

Por um cheiro de Xandu…

Acontece que, segundo a história, havia mais de uma Xandu em Patos de Irerê, lá nas Princesa de 30 , palco do amor entre Marcolino e a sua musa.

E o mais complicado ainda é que eram todas e todos de uma mesma família, ou seja, Xanduzinha, Marcolino, as outras Xandus e os maridos delas possuíam o mesmo sangue.

Me valendo de Valdeni Antas Diniz, encontro essa explicação:

“Alexandrina Florentino Diniz, apelidada de Xanduzinha, era filha do major Floro e irmã da mãe de José Pereira, Dona Lima. Essa Xandu casou-se com o “caboclo” Marcolino Pereira Diniz, seu primo.

Xandu Lima era irmã de Marcolino Pereira Diniz, filha do coronel Marçal, e passou a chamar-se Xandu Pereira, após casar-se com o coronel José Pereira Lima.

A terceira Xandu era a segunda esposa de Antonio Pereira, irmão de Marcolino, portanto cunhada do Caboclo da primeira Xandu.

Marcolino era filho do coronel Marçal; cunhado, primo e sobrinho de Zé Pereira; genro do major Floro – que era irmão do coronel Marçal – marido de Xanduzinha – que era tia de Zé Pereira (irmão de Xandu Pereira), ambos sobrinhos do major Floro e, para completar, cunhado da terceira Xandu, esposa de Antonio Pereira.”

Muito fácil entender…

5 Comentário On Vixi, como tinha Xandu!

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste