Cartaxo desaprumou

Estou sentindo uma pena danada do prefeito Luciano Cartaxo. Sempre tão cordato e elegante, ele tem saído do prumo nos últimos dias e se revelado um político meio descabelado, que não diz coisa com coisa e que demonstra, no falar e no agir, um desequilíbrio emocional que preocupa.

Desde a semana passada, o prefeito tem ido aos programas de rádio e concedido entrevistas a jornalistas de portais e blogs abordando um só assunto: a futura equipe do futuro governo João Azevedo.

Esquecido de seu próprio papel de gestor, Luciano Cartaxo tem cuidado única e exclusivamente de João Azevedo.

Ora cobra pressa no anúncio do secretariado, ora quer saber o que conversam os membros da equipe de transição, num momento fala da posse do novo governador e no outro compara João com ele, quando na verdade são dois polos totalmente diferentes, um eleito magistralmente para governar o Estado da Paraíba e o outro em fim da carreira, descendo a rampa do paço municipal e se vendo, lá adiante, num ostracismo sem luz no fim do túnel.

Dizem que foi a lapada que o deixou assim.

E eu não duvido nada.

Tem gente que não se apruma fácil depois de uma boa lamborada no lombo.

O prefeito pensava que poderia vencer com o irmão.

Perdeu. E perdeu feio. Levou uma surra que o deixou tonto, procurando um buraco pra se esconder e pedindo gagau.

Os analistas do comportamento humano costumam dizer que certas pessoas perdem o norte, o sul e o juízo quando são submetidas a grandes decepções.

O prefeito pode estar acometido desse tipo de quizila.

E tende a piorar depois que ler as considerações de Hervásio Bezerra sobre o seu Governo.

O deputado irmão de Odon disse hoje que a administração do prefeito Luciano Cartaxo é “pálida, insípida, incolor e inodora”.

Ou seja, para usar o nosso linguajar lá de Princesa, é sem sangue, sem sabor, sem cor e sem cheiro.

2 Comentário On Cartaxo desaprumou

  • Para ele tem um buraco bem grande. Mande ele ir lá para traz do terminal de rodoviário. A péssima administração está lá.

  • Será que foi por isso que o “pedido de desculpas” do Cartaxo ao Alex Filho /TV Master (por conta daquele episódio
    ocorrido no dia do debate entre os candidatos a governador) acabou “caindo” nas costas do contribuinte?
    Sim, por que não tem como explicar o asfalto colocado naquele trecho em frente a TV Master. Até a adequação
    da calçada foi feita de forma estranha, já que deveria ter sido feito perto do meio fio, tal qual como na quadra
    anterior.
    Eu quero ver um cadeirante conseguir passar de uma quadra para a outra, atravessando a Rua Vandique Filgueiras,
    sem ter que fazer malabarismos. Logicamente que isso não foi levado em conta pelo pessoal da Seinfra.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles