As primeiras do dia

Tião Gomes, naquele seu jeito “sem parêia” de dizer as coisas, disse isso: “Quem não reconhece o que Lula fez pelo Nordeste, merece levar uma pisa”.

**

E arrematando: “Se eu pudesse eu passava três meses no lugar de Lula. Porque a maior injustiça desse Brasil, é aquele homem estar preso. Porque Lula é um santo da gente no Nordeste. Se não fosse Lula, às famílias nordestinas estavam ao relento”.

**

Do lado do candidato Lucélio Cartaxo tem gente demais querendo ser senador. Mas como só há duas vagas em cada chapa, alguém vai sobrar. E quem sobrar, não vai gostar. Vocês duvidam?

**

O matadouro da cidade de Princesa é alvo do Ministério Público desde 2010. O amigo se lembra quem era prefeito de Princesa em 2010?

**

Alexandre Frota é um perigo.

**

Eu mesmo, caso chegue perto dele, encosto logo o cu na parede, que não sou besta.

**

E essa empresa, com apenas cinco meses de existência, fazendo pesquisa de graça na Paraíba? E por telefone? E sem ganhar nada? Mil ligações de São Paulo para a Paraíba a troco de nada?

**

Estranho, muito estranho, bote estranho nisso.

**

E aquela senhora que se diz representante das mulheres, querendo impedir o SUS de pagar aborto das vítimas de estupro!

**

Viuge!

**

Bem que mamãe dizia: pimenta no cu dos outros é refresco.

**

O tapetão da API continua estendido.

**

A professora Sandra que o diga.

**

Vem aí “Nos Tempos de Jornal”.

**

Vou lançar na API, na posse de João Pinto.

**

Prefácio de Frutuoso, apresentação de 1berto de Almeida e Aldo Lopes escrevendo na contra capa.

**

E no miolo, histórias e estórias desses 40 anos de batente.

**

Hoje faço a leitura definitiva para liberar os originais para a impressão.

4 Comentário On As primeiras do dia

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste