Biliu manda Celino tomar onde a galinha toma

Marcos Maivado Marinho 

Sem suficiente coragem para “peitar” o prefeito Romero Rodrigues ou a Medow, que em tese são responsáveis diretos pelo seu expurgo este ano da programação principal das festividades juninas campinense, o septuagenário Biliu de Campina amargando ódio e ainda espumando raiva por todos os poros elegeu o coordenador de turismo da Prefeitura Municipal de Campina Grande, Celino Neto, como “Geni” dos seus tormentos.

Caprichando na costumeira verborragia o velhinho imitador de Jackson do Pandeiro fez feio hoje pelas redes sociais e mandou Celino Neto socar o’Maior São João do Mundo “no cu”, provando que a falta de educação também é parte do seu currículo, que inevitavelmente se machuca mais do que o ofendido cronista social a quem ele próprio dirigia boas loas em passado não muito distante.

Biliu é irreverente, arengueiro e não é de hoje que se acha no direito de maltratar, insultar e até mesmo caluniar quem quer que seja, na hora em que quer e quando e onde entende ser preciso, justificando que a provecta idade já lhe dá plenos direitos para o reprovável comportamento.

É certo que o São João da Rainha da Borborema sem Biliu ficou bem menor, principalmente quando a coordenação resolveu homenagear os 100 anos de Jackson do Pandeiro, de quem Biliu continua sendo o maior propagador, mas isso não justifica a “lapada” em Celino.

E assim cantou Biliu:

“Viajei esta semana,

cantei em Aracaju.

É o primeiro sem segundo.

E O Maior São João do Mundo

Celino soque no cu”.

Confira o destempero do cantor:

https://www.facebook.com/gabrielamatosdoo/videos/2513485332004117/

Fonte: Da Redação

1 Comentário On Biliu manda Celino tomar onde a galinha toma

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste