Cida defende condenação de quem tiver culpa desde que asssegurado o legítimo direito de defesa

Foto: Keicy Victor

Deputada mais votada nas eleições de 2018, a professora Cida Ramos, do PSB, defendeu, durante entrevista nesta quarta-feira (09) que os agentes públicos que forem comprovadamente culpados em qualquer tipo de escândalo envolvendo o dinheiro público que sejam punidos na forma da lei, todavia, lamentou a existência de condenações prévias. As declarações da parlamentar dizem respeito aos desdobramentos da 5ª fase da Operação Calvário, deflagrada nesta manhã e que culminou com a prisão do secretário-executivo de Turismo, da Paraíba.

“Investigar é uma etapa, ninguém pode ser condenado a priori. Continuo com a mesma tese que sempre defendi: defendo o estado democrático de direito, que quem tem responsabilidade seja, a justiça possa fazer o seu papel e as pessoas se defenderem e quem tiver responsabilidade, obviamente, vai ter que responder por isso”, asseverou.
A socialista disse ainda que é governo, faz parte do governo e que continuará trabalhando em prol da Paraíba.

“Nós temos um governo operoso, que hoje mesmo vai estar entregando a Polícia Científica em Cajazeiras, um governo que tem trabalhado muito e é isso que eu posso dizer, que a gente vai continuar fazendo aquilo que a gente se propôs que é poder dar continuidade às obras, ações, serviços e programas, seja de infraestrutura, seja na área social. Eu fui eleita para defender isso, para defender os direitos e políticas sociais e vamos ampliar nossa atuação cada vez mais”, arrematou.

2 Comentário On Cida defende condenação de quem tiver culpa desde que asssegurado o legítimo direito de defesa

  • Eu votei com Ricardo duas vezes,votei com João por entender que esse e o melhor caminho,porém começo a acreditar que o governo de Ricardo pelo visto montaram uma engrenagem de corrupção que do jeito que vai difícil e se saber onde vai chegar,eu particularmente sinto porque confiava muito em Ricardo,hoje já não tenho esse mesmo grau de confiança e acho difícil e impossível que ele não tivesse conhecimento de tudo .

    • E achas mesmo que um gestor público, em qualquer nível, sabe tudo o que
      acontece em setores no seu entorno?

      O gestor sabe, com certeza, dos maus atos quando participa dos mesmos
      Exemplo disto são as gravações que a mídia divulgou envolvendo a PMJP,
      não concorda?

      Ricardo Coutinho é um político qsue já foi vereador, e deputado por várias legislaturas,
      antes de ser governador, e sempre manteve o nome limpo.

      Então, esse papo de “acho que é difícil e impossível que ele não tivesse conhecimento
      de tudo”, é pura “convicção” A mesma convicção que tem sido tão aplicada,
      na falta de provas.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste