Deputada mulher de Zé Aldemir diverge da oposição, anuncia voto em Adriano Galdino e diz que não é vaquinha de presépio

A deputada estadual eleita Paula Francinette (Progressitas) faltou à reunião com os deputados da oposição, na tarde desta quarta-feira (30), e sinalizou distanciamento do grupo na eleição para a Mesa Diretora da Assembleia.

A edição de hoje do programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, repercutiu a informação de que a parlamentar cajazeirense declarou voto em Adriano Galdino (PSB) para a Presidência da Assembleia no primeiro biênio, e em Tião Gomes (Avante) para o segundo biênio.

A parlamentar cajazeirense afirmou que não é “vaquinha de presépio” para agradar oposição ou situação. “O meu voto é um voto pessoal. Nem vou votar pela situação nem pela oposição. Não sou vaquinha de presépio para seguir ninguém. Eu sigo a minha posição e o meu juízo”, disse.

A parlamentar afirmou que o voto em Adriano Galdino é definitivo. “Eu segui Adriano porque ele teve a maior delicadeza de vir na minha casa solicitar o voto e eu atendi a ele. Ninguém remove mais, só Deus pode remover o meu voto em Adriano”, declarou.

Paula enfatizou que manterá uma postura independente, nas escolhas que irá fazer na Assembleia enquanto deputada. “Não vou tergiversar para agradar ao rei ou aos poderosos”, pontuou.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste