Deputado destrói quadro em exposição na Câmara

Por Josias de Souza

Inaugurou-se na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, a exposição “Trajetórias Negras Brasileiras”. Foi organizada para marcar a passagem do Dia da Consciência Negra, celebrado nesta quarta, 20 de novembro. Uma das peças causou polêmica. Nela, o chargista Latuff retratou um homem negro assassinado por um policial. Abespinhado, o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), que é policial militar, não gostou de ver sua corporação associada a um ato de violência. E achou que seria uma boa ideia expressar sua contrariedade de forma violenta. Arrancou a obra da parede, destruindo-a.

A agressão do Coronel Tadeu foi, por assim dizer, premeditada. Após planejar o gesto, o deputado encomendou a filmagem. Orgulhoso, exibiu sua truculência nas redes sociais. Vociferou no vídeo: “Isso aqui não vai ficar na parede, isso aqui é contra a polícia. A polícia está para defender a sociedade. Eu vou queimar esse cartaz, que não deveria estar aqui”.

Como se vê, a massa cinzenta, quando desprovida de argumentos, é capaz de produzir reações sombrias.

Talíria Petrone

@taliriapetrone

Momento em que o deputado Coronel Tadeu destrói o quadro! Não passarão!

Vídeo incorporado

1 Comentário On Deputado destrói quadro em exposição na Câmara

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste