Escritório de advocacia de Cássio Cunha Lima assume defesa da Igreja Católica em caso de exploração sexual de menores*

O escritório de advocacia do ex-senador Cássio Cunha Lima e do Deputado Federal Pesrinha Cunha Lima (Cunha Lima & Targino) assumiu a defesa da Arquidiocese da Paraíba no Caso em que a igreja foi condenada por Exploração Sexual de Menores.

A Justiça do Trabalho condenou na primeira instância a Arquidiocese da Paraíba a pagar uma indenização de R$ 12 milhões por casos de exploração sexual contra menores de idade. O crime foi praticado por padres e até o arcebispo emérito do estado Dom Aldo Pagotto está envolvido no escândalo.

Tudo começou em 2014, a partir de uma carta. A autora ouviu comentários de que algo errado estava acontecendo na Igreja Católica da Paraíba e, a partir daí, fez denúncia por meio do documento escrito para ficar dentro da própria Igreja. Porém, a informação vazou e acabou resultando na situação atual. Uma denúncia que era só para a Igreja, que tomou uma dimensão imensa com repercussão internacional, chegando a ser matéria principal do Fantástico da Rede Globo.

Várias vítimas afirmaram que haviam mantido relações sexuais com vários padres inclusive com o Bispo da época, Dom Aldo Pagotto. Nomes de três sacerdotes aparecem em vários depoimentos: Jaelson Alves de Andrade, Ednaldo Araújo dos Santos e Severino Melo. Os padres estão afastados de suas funções.

Após a condenação no primeiro grau, a Igreja Católica recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que julga na tarde desta quinta-feira (07/11) o recurso da igreja que é patrocinado pelo escritório do ex-senador Cássio.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste